Muita chuva sobre o AC, RO e sul do AM

16/09/2018 às 17:23
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Chuva ajuda a combater o fogo das queimas. Porto Velho (RO) é o município que teve o maior número de focos de fogo na primeira quinzena de setembro.

Aglomerados de nuvens bastante carregadas se formaram no fim de semana sobre o sul do Amazonas, Acre e Rondônia provocando chuva forte e volumosa em alguns locais. Em Boca do Acre, no sul do Amazonas, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 92,6 mm entre 9 horas do dia 15 e 9 horas de 16 de setembro (hora de Brasília). Mas quase toda a chuva, cerca 86,0 mm, caiu em apenas 2 horas! Em Ariquemes, Rondônia, choveu 54,0 mm no mesmo período de 24 horas.



Onde chove nesta segunda-feira?

O calor e a grande disponibilidade de ar úmido permitem a formação de nuvens carregadas por quase toda a Região Norte nesta segunda-feira. Pancadas de chuva podem ocorrer em quase todas as áreas, porém, a chuva tende a ser mais frequente e volumosa sobre Acre, Rondônia e sobre o sul do Amazonas. Nestas regiões, temporais como os que ocorreram no fim de semana podem voltar a se repetir.

 

 

O tempo seco, com umidade do ar muito baixa e calor intenso predomina sobre o Tocantins e o leste do Pará. Nestas áreas, o nível de umidade no ar fica um pouco abaixo dos 20% nas horas mais quentes do dia. Pouca chuva é esperada para o Amapá. A região de Belém pode até ter chuva forte, mas em pequenas áreas.

 

Combate às queimadas

 

 

 

 

 

Município (UF)
Número de focos
de 1 a 15 setembro 2018
PORTO VELHO (RO) 1677
COLNIZA (MT) 891
LÁBREA (AM) 871
NOVO PROGRESSO (PA) 695
ALTAMIRA (PA) 631
NOVA MAMORÉ (RO) 630
BOCA DO ACRE (AM) 525
SENA MADUREIRA (AC) 479
CANDEIAS DO JAMARI (RO) 435
MANICORÉ (AM) 423
Fonte: INPE

 

 

Halo solar em Rondônia

As nuvens carregadas que se formaram sobre Rondônia, Bolívia e Acre no fim de semana espalharam muita nebulosidade alta por grandes áreas. A camada de nuvens altas, do tipo cirrustratos, que se formou sobre Alta Floresta d’ Oeste, cidade de Rondônia na fronteira com a Bolívia, permitiu a formação do halo solar. Este é um dos mais bonitos fenômenos ópticos que ocorrem na atmosfera e é uma das formas de interação entre a luz do sol e os pequeninos cristais de gelo que compõem as nuvens cirrustratos.

 

 

 

Foto de Max Well Levandovski, Alta Floresta d' Oeste (RO)

CIDADES RELACIONADAS

Belém - PA

23°
min

32°
max

10mm / 67%

Porto Velho - RO

21°
min

30°
max

8mm / 90%