Região Nordeste - tendência climática para a primavera 2018

21/09/2018 às 21:51
por Josélia Pegorim

Atualizado 21/09/2018 às 23:22

Oferecimento
Estação é marcada por dias de muito calor e sol forte na Região

A primavera de 2018 no Hemisfério Sul começa oficialmente no dia 22 de setembro, às 22h54min, pelo horário de Brasília, e vai até 21 de dezembro, às 19h23, sem considerar o horário brasileiro de verão.

 

Como é a primavera no  Nordeste?

Para a maioria das áreas do Nordeste do Brasil, a primavera é uma estação com predomínio de dias muito quentes, ensolarados e secos. A chuva fica escassa até nas áreas litorâneas. As médias Climatológicas de chuva em geral não passam dos 100 mm, em grande parte da primavera por quase todo o Nordeste.

Temperaturas em torno dos 40°C e níveis de umidade do ar entre 10% e 30% são comuns no interior da maioria dos estados. É época do B r o bró do Piauí, quando o calor de quarenta é sentido por muitos dias de forma generalizada

Em poucas áreas do Nordeste a primavera significa aumento de umidade e chuva: no centro-sul do Maranhão, no centro-sul do Piauí e no centro-oeste da Bahia.

 

A primavera de 2018 no Hemisfério Sul começa oficialmente no dia 22 de setembro, às 22h54min, pelo horário de Brasília, e vai até 21 de dezembro, às 19h23, sem considerar o horário brasileiro de verão.



Primavera de 2018

A chuva e a temperatura da primavera de 2018 terão a influência do aquecimento da água do oceano Pacífico Equatorial, ao largo da costa do Peru. Este aquecimento já está ocorrendo vai ajudar a deixar o ar mais quente em todo o Brasil, mas também tende a fazer com que a chuva seja mais irregular. Isto quer dizer que, este ano, a chuva será mal distribuída. A previsão é que a primavera termine com um novo episódio de El Niño formado.

Para o Nordeste, a perspectiva de um El Niño para o verão 2018/2019 não é animadora, pois tende a reduzir chuva.


Confira a previsão geral para primavera na Região Sul com a meteorologista da Climatempo Graziella Gonçalves.

 

 

 

 

Outubro

O mês será de muito calor no  Nordeste no Nordeste no oeste da Bahia, com temperatura dentro a acima da média.

A chuva de outubro vai continuar escassa no Nordeste. Não há expectativa de chuva regular nem para áreas como o oeste da Bahia e o sul do Maranhão.. O mês deve terminar com chuva abaixo do normal.

 

Novembro

Em novembro, o calor continua, mas a tendência é de que a temperatura fique dentro da normalidade em praticamente todo o Nordeste.

A chuva de novembro ainda será pouco expressiva. Algumas pancadas ocorrem pelo interior, mas de forma muito irregular. O mês deve terminar com chuva abaixo da média histórica no Nordeste, de forma geral.

 

Dezembro

Para dezembro, a tendência é de que faça um pouco menos de calor, com o aumento da nebulosidade e da ocorrência de alguma chuva, especialmente na porção norte da Região.

É neste mês que se espera um aumento da frequência das pancadas de chuva sobre o Maranhão, Piauí , no extremo oeste do Pernambuco e sobre o norte/noroeste da Bahia. Várias áreas nestas regiões podem terminar dezembro com um total de chuva um pouco acima da média histórica para o mês.

 

CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF

14°
min

26°
max

0mm / 0%