Inverno acabou e o Cantareira como ficou?

23/09/2018 às 17:21
por César Soares

Atualizado 23/09/2018 às 17:21

Oferecimento
O principal reservatório de São Paulo sentiu os efeitos da falta de chuva

O Sistema Cantareira é o reservatório de abastecimento de água mais importante na Grande São Paulo, e durante o período seco é normal a queda abrupta da sua capacidade. Com isso duas perguntas ficam no ar: Como está o sistema Cantareira neste fim de período seco? E o que esperar do principal para ele durante a primavera?

 

Sistema Cantareira, foto por Fernanda Carvalho

 

No início do período seco, em 22 de junho deste ano, o sistema Cantareira estava com 44,9% da sua capacidade segundo informações da Sabesp. O último registro fornecido indica que o sistema Cantareira está em 34,4%, ou seja, tivemos uma queda de 10,5% ao longo do período com menores índices de chuva.

 

A previsão para a primavera não anima muito a princípio. Isso porquê a regularidade da chuva só deve vir a partir do mês de novembro, até lá a previsão é de chuva mal distribuída que até alivia a carga dos reservatórios do Sudeste de maneira geral, mas não soluciona o problema de fato.

 

A meteorologista da Climatempo, especialista em Clima, Graziella Gonçalves falou sobre a previsão da primavera em toda a Região Sudeste. Confira!

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

13°
min

20°
max

0mm / 0%