MS e PR com mais temporais nesta quinta-feira

01/11/2018 às 11:30
por Maria Clara Machado

Atualizado 01/11/2018 às 12:27

Oferecimento
Nuvens carregadas crescem sobre o Paraguai e avançam em direção aos dois estados. Situação é de alerta.

Nuvens muito carregadas voltaram a crescer sobre o Paraguai na noite desta quarta-feira (31) e se deslocaram para Mato Grosso do Sul e o Paraná. Parte dos dois estados já amanheceram debaixo de chuva e a situação é de alerta para mais temporais no decorrer da tarde e noite desta quinta-feira (1). 

 

Novembro começa com muita chuva em MS

Na manhã de hoje, nuvens carregadas já cobriam o sul de Mato Grosso do Sul deixando a região em alerta. Sete Quedas (MS) teve temporal no início do dia, com acumulado de 21,6 mm de chuva em apenas uma hora, entre às 5 horas e às 6 horas, pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). As rajadas de vento já chegaram a 47 km/h. Entre às 8 horas e às 9 horas, um temporal também caiu sobre a cidade de Ponta Porã, com acumulado de 39,4 mm, segundo INMET. 

 

Foto: Wagner Fidelis. Ponta Porã/SP.
 

O tempo permanece muito instável e vários locais do sul de Mato Grosso do Sul estão com nuvens carregadas sujeitos à chuva e ventos fortes. A tendência é de que essas nuvens pesadas avancem em direção a Campo Grande e ao leste do estado no decorrer do dia. Municípios como Dourados, Ponta Porã, Ivinhema,  Amambai, Maracaju, Bataguaçu, Três Lagoas e Campo Grande, têm alto risco de temporais. 

 

Já as áreas mais próximas aos estados de Mato Grosso e de Goiás, seguem com sol e as pancadas de chuva são esperadas a partir da tarde, também com risco de chuva forte. 

 

Sat_centrosul_1.11

   A imagem de satélite mostra as fortes áreas de instabilidade que estão atuando entre o sul de Mato Grosso do Sul e o oeste do Paraná nesta quinta-feira, dia 1 de novembro.

 

Paraná debaixo de chuva 

As mesmas nuvens carregadas que cresceram sobre o Paraguai também atingiram o oeste do Paraná e a região amanheceu debaixo de chuva, com rajadas de vento. O tempo está carregado desde ontem no estado e os acumulados já foram bastante elevados no período de 24 horas, especialmente no oeste paranaense.

 

Destaque Marechal Cândido Rondon que registrou 60,8 mm de chuva entre às 9 horas da quarta-feira e às 9 horas desta quinta, segundo o INMET. Campina da Lagoa acumulou 47 mm, Icaraíma 35 mm, Nova Tebas 30,8 mm, Foz do Iguaçu 28,6 mm, Inácio Martins 26,8 mm e Planalto 26,2 mm, no mesmo período. 

 

A situação é de alerta para mais temporais até a noite desta quinta-feira, com intensas rajadas de vento. Durante a manhã, já foram observadas rajadas de 51 km/h em Marechal Cândido Rondon, segundo o INMET. Todo o estado do Paraná, inclusive Curitiba, está no risco de chuva forte, avisam os meteorologistas.  

 

Amanhã, feriado de Finados, tanto Mato Grosso do Sul quando o Paraná, voltam a ter período de sol, mas o forte abafamento, além da alta umidade vão formar mais nuvens carregadas. Há previsão de pancadas de chuva com raios, de moderada à forte intensidade para ambos os estados. 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Aracaju - SE

23°
min

29°
max

15mm / 60%

Curitiba - PR

15°
min

21°
max

20mm / 67%