São Paulo teve madrugada mais quente desde janeiro de 2015

03/01/2019 às 14:36
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Chuva aumenta e reduz calor a partir de amanhã

A fornalha continua ligada em São Paulo! A madrugada de 3 de janeiro de 2019 foi a mais quente na capital paulista desde 2 de janeiro de 2015, que teve temperatura mínima de 24,5°C. A maior temperatura mínima de 2018 foi de 23,4°C, em 14 de novembro, de acordo com as medições do INMET no Mirante de Santana, na zona norte paulistana.



Confira as maiores temperaturas mínimas nos últimos anos registradas pelo INMET no Mirante de Santana.



Ano

dia/mês

Maior T mínima

2019

3 de janeiro

24,0°C

2018

14 de novembro

23,4°C

2017

28 de dezembro

22,1°C

2016

27 de dezembro

23,7°C

2015

2 de janeiro

24,5°C


Mais chuva à vista

O calor de dia e à noite não tem dado trégua na cidade de São Paulo desde o dia 10 de dezembro. De lá para cá, a temperatura máxima à tarde ficou abaixo dos 30°C apenas em 5 dias, entre 24 e 28 de dezembro de 2018, um período que foi de muitas nuvens e chuva frequente na capital paulista.

A chuva e a nebulosidade são importantes reguladores da temperatura diária e, a partir desta sexta-feira, uma frente fria vai trazer mais nuvens e mais chuva para o estado de São Paulo. A temperatura diminui e fica abaixo dos 30°C na sexta-feira, 4, e no sábado, 5 de janeiro. A sensação de abafamento será menor especialmente no sábado.

 

Durante a sexta-feira e o sábado, 5, a Grande São Paulo fica em alerta para o risco de chuva forte e volumosa que pode causar transtornos para a população.

 

Foto de William Molina, São Paulo (SP)

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

12°
min

27°
max

0mm / 0%