Balanço do temporal de 21/2/19 em São Paulo

21/02/2019 às 23:04
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Capital paulista teve o segundo maior número de alagamentos. Zonas oeste, sul e sudoeste receberam os maiores volumes de chuva.

O tempo ficou muito instável na Grande São Paulo no dia 21 de fevereiro. A chuva caiu fraca a moderada na madrugada, depois veio o sol, muitas nuvens e o calor pela manhã e no começo da tarde. A partir das 14 horas, a chuva voltou pesada e em dois períodos, no meio e no fim da tarde causou muitos transtornos na capital e em municípios da Grande São Paulo.



Desta vez, as zonas oeste, sudoeste e sul da cidade de São Paulo foram as que receberam a maior quantidade de chuva. Em aproximadamente 7 horas, entre 14 horas e 20 horas, choveu 68,8 mm na Lapa, 66,2 mm no Campo Limpo e 62,4 mm no Butantã, pela medição do CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura.

 

Confira o volume de chuva que caiu em 7 horas sobre a cidade de São Paulo, entre 14 horas e 21 horas de 21/2/19, segundo o CGE




Chuva acumulada em São Paulo entre 14h e 21h de 21/2/19 (CGE)

 

 

 

Confira o volume de chuva acumulado 24 horas sobre a cidade de São Paulo, entre 21 horas de 20/2/19 e 21 horas de 21/2/19, segundo o CGE



Chuva acumulada em São Paulo entre 21h de 20/2/19 até 21h de 21/2/19 (CGE)

 

 

Nível dos córregos e rios

Com a chuva forte desta quinta-feira, e mais todos os temporais que caíram desde o começo de fevereiro, o nível dos córregos e rios se manteve elevado esta semana, atingindo níveis perigosos, como o de emergência, mas com menor volume de chuva.

 

O SAISP - Sistema de Alerta e Inundações de São Paulo - não registrou transbordamento, mas vários córregos e rios na Grande São Paulo atingiram a cota de alerta. O Ribeirão dos Couros, em São Bernardo do Campo, o Ribeirão dos Meninos, em Santo André e o córrego Morro do S, em São Paulo, se elevaram  até a cota de emergência.

 

Maiores índices registrados pela rede telemétrica do Alto Tietê

Rio Tietê Barragem Móvel Montante - 68,0mm

Córrego Morro do S - Capão Redondo - 66,2mm

Rio Pinheiros - Ponte Cidade Universitária - 62,0mm

Córrego Pirajuçara - Jd. Maria Sampaio - 63,2mm

Córrego Itaim - Rua Joaquim L. Veiga - 62,4mm




Visão de nuvem de temporal sobre a zona oeste da capital paulista em 21/2/19

 

 

Foto de Nathaly Lobo São Paulo (SP)

 

 

 

Balanço de alagamentos em São Paulo com dados do CGE

O levantamento de dias com alagamento na cidade de São Paulo registrados pelo CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura - revelou que a quinta-feira, 21 de fevereiro, teve a segunda maior quantidade de pontos com alagamento desde o início de 2019.

 

Do início do ano até o dia 21 de fevereiro, a cidade de São Paulo teve 8 dias com grande número de alagamentos, acima de 20 no mesmo dia.

 

Considerando o número total de alagamentos, a pior situação ocorreu no dia 6 de fevereiro quando o CGE registrou 44 alagamentos, mas apenas 3 foram intransitáveis.

Nesta quinta-feira, 21,a capital paulista tinha 41 pontos alagados até às 22 horas, mas 12 eram intransitáveis

 

O dia 20 de fevereiro teve a pior situação do ponto de vista do número de alagamentos intransitáveis. O total do dia foi de 24 alagamentos, mas 18 foram intransitáveis.




Data

Total de alagamentos

Intransitáveis

6 fev

44

3

21 fev

41 (até 22h)

12

4 fev

39

10

16 fev

38

15

30 jan

26

15

20 fev

24

18

17 jan

23

10

24 jan

22

10

 


CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

17°
min

29°
max

10mm / 80%

FASES DA LUA

  • Cheia
    20/03
  • Minguante
    28/03
  • Nova
    06/03
  • Crescente
    14/03

ESTAÇÕES DO ANO

  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    23/09
  • Verão
    22/12