Litoral de SP teve chuva extrema em fevereiro de 2019

01/03/2019 às 22:50
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Choveu de 2 a 4 vezes acima da média normal para o mês. Encharcamento do solo aumento o risco de deslizamento.

Todo o litoral de São Paulo teve um fevereiro extremamente chuvoso. Alguns dias foram com muito sol e calorão, mas foram as nuvens carregadas que dominaram o céu nas praias paulistas. Foram muitos temporais e dias com chuva volumosa ao longo do mês que fizeram fevereiro de 2019 terminar com 2 a 4 vezes mais chuva do que a média normal para o mês.



O dobro da chuva de um ano no serão em um mês

Em alguns locais de Itanhaém, de Santos e de Peruíbe choveu cerca de 800 mm, pela medição do Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais. Esta quantidade de chuva é muito elevada e rara para um único mês. Em muitas áreas do Nordeste do Brasil, a média de chuva para um ano inteiro é menor do que 800 mm. Em Petrolina, no sertão de Pernambuco, a média de chuva anual é de aproximadamente 480 mm, quase metade do que choveu em algumas áreas do litoral paulista em fevereiro de 2019.

 

 

Foto de Marcos André, Guarujá (SP)

 

 

Volumes de chuva

De acordo com os cálculos do INMET, a média de chuva para o litoral de São Paulo em fevereiro varia de 200 a 250 mm. Confira quanto choveu em fevereiro de 2019 em alguns locais do litoral de São Paulo, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, da Defesa Civil de São Paulo e do Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais




Cidade/local

Chuva em fevereiro 2019 (mm)

Santos/Sítio das Neves

812

Peruíbe/Jardim Veneza

811

Itanhaém/Nsa. Sra. Sion

806

São Vicente/Jardim Rio Branco

783

Iguape

690

Ubatuba/Praia do Lázaro

641

Bertioga

600

Praia Grande/Cidade da Criança

575

Santos

513

Mongaguá

554

Guarujá/Enseada

496

Ilhabela/Armação

489

São Sebastião/Morro do Abrigo

478



Perigo de deslizamento e queda da barreira

O excesso de chuva em fevereiro deixou o solo saturado de água e muito mais propício a deslizamento e queda de barreiras, que já começaram a ocorrer. Com tanta água acumulada, a movimentação de terra pode ocorrer mesmo sem estar chovendo.

A situação é de alerta em todo o litoral de São Paulo nas próximas semanas. A previsão para a primeira quinzena de março é de que a circulação de ventos sobre o interior do Brasil e no litoral paulista e também a temperatura superficial da água do mar continuem permitindo a ocorrência de outros eventos de chuva forte e volumosa no litoral de São Paulo.

 

O mês de março de 2019 deve terminar com volumes de chuva tão excepcionais como foi fevereiro, mas a primeira quinzena de março ainda é de alerta para novos eventos de chuva forte.

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

12°
min

27°
max

0mm / 0%

Rio Branco - AC

17°
min

32°
max

0mm / 0%