Balanço do temporal em São Paulo no domingo de Carnaval

03/03/2019 às 23:29
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Zona leste capital paulista foi a mais atingida. Córregos voltaram a transbordar. Rio Tietê atinge cota de emergência em bairro de Guarulhos.

 

A presença de uma frente fria no mar, ao largo do litoral paulista, a grande disponibilidade de umidade no ar e o calor formaram vários aglomerados de nuvens carregadas sobre o estado de São Paulo, que provocaram fortes pancadas de chuva também sobre a Grande São Paulo.



Na cidade de São Paulo, as pancadas de chuva na tarde do domingo de Carnaval começaram mais cedo do que no sábado. A chuva intensa novamente ocorreu só em alguns bairros, embora nuvens carregadas tenham se formado por toda a cidade.

 

Desta vez, a zona leste paulistana foi a mais atingida pela chuva intensa. No Jardim Romano e no Itaim Paulista, o Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais - registrou cerca de 50 mm em apenas 1 hora de chuva, entre 16h50 e 17h50 do domingo, 3. Tecnicamente um acumulado de 20 mm em 1 hora já é considerado como chuva forte. Fortes pancadas de chuva também ocorreram na região de Socorro (zona sul) e na Vila Maria (zona norte).

 

No sábado, 2, a zona oeste e o centro da cidade foram as regiões que receberam os maiores volumes de chuva. Na Lapa e no Butantã choveu cerca de 90 mm em 2 horas e na região da Sé, foram cerca de 75 mm, pela medição do CGE. Mas choveu entre 50 mm e 60 mm no Campo Limpo, na Freguesia, na Vila Prudente e em São Miguel Paulista.

 

Balanço do temporal do sábado de Carnaval

 

Confira quanto choveu na cidade de São Paulo entre 14 horas  e 17 horas do domingo, 3 de março, pela medição do INMET - Instituto Nacional de Meteorologia - e do CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo

 

 

Total de chuva entre 14h e 17h em São Paulo de 3/3/19

 

 

Transbordamento de córregos

Depois da chuva muito volumosa de fevereiro, o nível dos córregos e rios da cidade de São Paulo está bastante elevado e estão mais sujeitos a extravasamento, mesmo com os temporais isolados.

Neste domingo, 3 de março, o córrego Franquinho ( na altura da Av. Dom Hélder Câmara) atingiu a cota de emergência, depois de ter transbordado no sábado. Os córregos da Paciência (altura da Av. Edu Chaves), na zona leste, e o córrego Ipiranga, na altura da Praça Leonor Kaupa, na zona sudeste, transbordaram.

Pelo monitoramento do SAISP, o rio Tietê na altura do Jadim Guaracy, em Guarulho, atingiu a cota de emergência na noite do domingo.

 

 

Confira os maiores volumes de chuva registrados pela rede telemétrica do Alto Tietê  monitorada pelo SAISP - Sistema de Alerta e Inundações de São Paulo:

Rio Aricanduva - Rua Alfredo Frazão - 45,6 mm

Rio Tietê - Barragem da Penha - 43,2 mm

Córrego Rincão - Montante do Piscinão - 38,2 mm

Córrego do Lajeado - Rua Manuel B. de Lima - 37,8 mm

Córrego Água Espraiada - Cabeceira - 36,0 mm

Córrego Itaquera - Rua Santa Divina - 31,8 mm

Córrego Franquinho - Dom Hélder Câmara - 30,5 mm



 

Foto de Graziella Gonçalves, São Paulo (SP)

 

Raios

Neste domingo, 3, entre 12 horas e 18h31, a rede Earth Networks de detecção de descargas elétricas registrou 6735 raios sobre a região metropolitana de São Paulo, sendo que 1663 chegaram ao solo.

 

 

Granizo

O CGE informou que houve queda de granizo no domingo na Vila Mariana, no Jabaquara, no Planalto Paulista, no Ipiranga, na Moóca e na Vila Gumercindo.



Rajadas de vento

48,2Km/h - 15h00 - Aeroporto de Congonhas

44,4Km/h - 15h35 - Aeroporto de Guarulhos

46,3Km/h - 16h00 - Aeroporto de Guarulhos

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP


min

13°
max

0mm / 0%