Balanço do verão 2018/2019 em São Paulo

20/03/2019 às 23:47
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Segundo o INMET, São Paulo teve o nono verão mais chuvoso e a quinta maior média de temperatura máxima desde 1961

O verão de 2019 teve chuva e temperatura acima da média na cidade de São Paulo e também mais chuva do que o verão de 2018.

O balanço oficial divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia revelou que a capital paulista teve 54 dias com registro de alguma chuva nos 90 dias da estação, na região do Mirante de Santana, estação meteorológica oficial operada pelo INMET e que serve de base para análise da climatologia da cidade de São Paulo.



Chuva acima da média

Choveu acima da média histórica em janeiro e em fevereiro e em março, o total de chuva em 20 dias já estava próximo da média histórica.

Um dos fatos mais marcantes do verão de 2019 foi o calor de janeiro, que em relação à média das temperaturas máximas foi considerado o janeiro mais quente em 76 anos de medições, igualando com janeiro de 2014.

Fevereiro de 2019 também merece destaque, pois foi o fevereiro mais chuvoso em 15 anos.

 

Com acumulado de 884,5 mm, o verão 2018/2019 ficou em 9º lugar na lista dos verões mais chuvosos na capital paulista.

A média da temperatura máxima deste verão foi de 30,0°C, igualando ao ano de 2001, e ficou em 5º lugar no ranking do histórico de 1961 a 2018. O calor intenso que predominou em janeiro foi determinante para chegar a esta posição.

A média da temperatura mínima do verão 2018/2019 foi de 20,3°C, empatando com os anos de 2003 e 2010 na 4ª posição dos verões mais quentes do histórico de 1961 a 2018



 

 

Foto de Nathaly Lobo, São Paulo (SP), em fevereiro de 2019

 

 

Números do verão 2018/2019 na cidade de São Paulo

 

Confira os números do verão 2018/2019 na cidade de São Paulo, com dados do INMET. As médias são do período de 1961 a 2018 e os cálculos consideram o período entre 21/12/2018 até 20/03/2019. As medições foram feitas na estação meteorológica convencional do Mirante de Santana ou na estação automática, quando indicado



Total de chuva

884,5 mm (22% acima da média sazonal que é aproximadamente 725 mm)

 

Maior chuva em 24h

57,0 mm entre 3 e 4 de fevereiro

 

Maior temperatura

35,9°C em 2 de fevereiro

 

Menor temperatura

16,5°C em 26 de janeiro

 

Menor umidade relativa do ar

14 % em 1 de fevereiro (medição automática)

 

Maior rajada de vento

88,6 km/h (24,6 m/s) em 30 de janeiro (medição automática)



Leste de SP foi a região mais chuvosa

A chuva de janeiro foi irregular e deficiente em grande parte do estado de São Paulo. A falta de chuva justifica o calor excessivo observado em janeiro de 2019. A chuva de fevereiro foi melhor distribuída pelo estado.

Segundo o INMET, os acumulados de precipitação no estado de São Paulo no verão 2018/2019 variaram, em média, entre 500 mm e 800 mm. Os maiores volumes ocorreram na faixa leste, especialmente entre  Planalto Paulistano e o litoral, com volumes até acima dos 1200 mm.

 

 

Verão de chuva extrema no litoral de SP

O verão 2018/2019 será lembrado pela chuva extrema no litoral. Foram diversos eventos de chuva muito volumosa, com totais acumulados que superaram os 100 mm facilmente em menos de 24 horas.

Somente em fevereiro, dados do CEMADEN – Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais - revelaram que choveu cerca de 800 mm em áreas de Santos, Peruíbe, Itanhaém e São Vicente. Mas em muitos outros locais choveu de 500 a 780 mm.

 

Segundo o INMET, a chuva acumulada nos meses de janeiro, fevereiro e março, até o dia 19, foi de aproximadamente 1140 mm em Bertioga, 1070 mm em São Sebastião e 1100 mm em Iguape. No dia 20 de março, o total em Bertioga e em São Sebastião já ultrapassava os 300 mm.

 

A razão para tanta chuva no litoral e no leste do estado de São Paulo está na combinação de um persistente fluxo de ar quente e úmido vindo da Amazônia, a água do mar mais quente do que a média no Sudeste e Sul do Brasil e a passagem de algumas frentes frias.

 

 

Extremos do estado de SP

 

Maiores acumulados de chuva em 24h

 

Bertioga: 178,0 mm, 4 de março

Iguape: 153,2 mm, 17 fevereiro

Rancharia: 136,0 mm, 5 de janeiro

São Sebastião: 124,2 mm  26 de janeiro

 

Menores temperaturas no verão 2018/2019

 

Campos do Jordão: 9,3°C, 9 de fevereiro

São Simão: 12,8°C, 5 de fevereiro

São Luiz do.Paraitinga: 13,5°C, 9 fevereiro

Barra do Turvo: 14,3°C, 15 fevereiro

 

Maiores temperaturas no verão 2018/2019

 

Registro: 40,1°C, 3 de janeiro

Iguape: 40,1°C, 3 de janeiro

Ourinhos: 39,8°C, 1 de fevereiro

Votuporanga: 39,2°C, 2 de fevereiro

 

Maiores rajadas de vento

 

Cachoeira Paulista: 95,0 km/h, 21 de janeiro

Bebedouro: 91,8 km/h, 19 de janeiro

Cachoeira Paulista: 89,3 km/h, 28 de janeiro

São Paulo: 88,6 km/h, 30 de janeiro

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Santos - SP

22°
min

32°
max

12mm / 80%

Campos do Jordão - SP

13°
min

27°
max

15mm / 80%

FASES DA LUA

  • Minguante
    21/10
  • Nova
    28/10
  • Crescente
    05/10
  • Cheia
    13/10

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    23/09
  • Verão
    22/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    20/06