Sul permanece em alerta para chuva forte

24/05/2019 às 09:21
por Angela Ruiz

Oferecimento
Ciclone no mar causa ventania e rajadas podem alcançar até 100km/h em algumas áreas

Nuvens muito carregadas passam sobre o sul do Brasil nesta sexta-feira e provocam chuva forte. Parte destas áreas de instabilidade se formaram sobre o Paraguai e avançam para o Rio Grande do Sul, leste de Santa Catarina e o Paraná.

 

Dados do CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas e Desastres Naturais mostram que até 8 horas da manhã, os maiores volumes de chuva, eram observados em Santa Rosa (RS), com 49,8 milímetros, Redentora(RS), 39,2 milímetros, Laguna (SC) com 58,6 milímetros, Itapiranga (SC) com 35,2 milímetros.   

 

No Paraná, choveu muito entre  23h30 de quarta-feira e 23h30 de quinta-feira. Em Guarapuava, neste período foram acumulados 106, 2 milímetros. Em Prudentópolis choveu 93,8 milímetros. O município de Cantagalo acumulou 77 milímetros. Em Irati, choveu 71,8 milímetros.

 

As áreas de instabilidade que estão sobre o Sul do Brasil são reforçadas hoje por um sistema de baixa pressão, a circulação dos ventos em vários níveis da atmosfera e pelo ciclone extratropical em alto mar. O tempo segue muito instável com alerta para chuvas e ventos fortes, principalmente no leste e nordeste do Rio Grande do Sul e sul de Santa Catarina. 

 

Segundo os meteorologistas, o céu fica nublado com chuva, raios e ventos fortes na Grande Porto Alegre, litoral e a serra gaúcha, o sul de Santa Catarina e a Grande Florianópolis. Em Tramandaí (RS) e em Bom Jesus (RS), os volumes de chuva podem chegar ou passar dos 60 milímetros. 

As rajadas de vento que poderão atingir até 100 km/h, em áreas entre Poto Alegre e Florianópolis.

 

No oeste e norte de Santa Catarina e no centro-leste do Paraná, também há alerta para muita chuva, principalmente no litoral e na Grande Curitiba, com rajadas de vento que poderão chegar a 80 km/h.  

 

Mar agitado

 

Além disso, o vento forte constante no oceano vai causar grandes ondas que atingem a costa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O mar fica muito agitado e há risco de ressaca em todo o litoral gaúcho e litoral sul catarinense, com ondas que podem chegar a 3 metros. 

 

Temperatura despenca

 

Uma forte massa de origem polar entra no Sul do Brasil e os termômetros vão despencar. O fim de semana será gelado e a expectativa é que várias cidades registrem temperaturas abaixo de 10°C com geada na região de Bagé, oeste de Santa Catarina e do Paraná.  

 

Foto de Andre C., Porto Alegre (RS)

 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

15°
min

20°
max

8mm / 90%

Laguna - SC

14°
min

20°
max

8mm / 80%

FASES DA LUA

  • Minguante
    21/10
  • Nova
    28/10
  • Crescente
    05/10
  • Cheia
    13/10

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    23/09
  • Verão
    22/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    20/06