Frio recorde nas capitais do RS, SC, PR, SP, RJ, MS, MT e AC

06/07/2019 às 14:30
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Frio aumenta neste domingo. Capitais do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste, do Acre e de Rondônia podem registrar novos recordes de frio para 2019.

A grande e intensa onda de frio de origem polar que chegou Brasil no primeiro fim de semana de julho de 2019 fez a temperatura despencar de norte a sul do país. A madrugada de 6 de julho foi a mais fria deste ano até agora nas capitais Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, São Paulo, Rio De Janeiro, Campo Grande, Cuiabá e Rio Branco.


A capital mais gelada foi a do Paraná, Curitiba, onde a temperatura ficou abaixo de 0°C. Recordes de 2 a 3 anos foram batidos em Curitiba, Florianópolis, São Paulo e em Campo Grande. 

 
 
 

Foto de Maria Joselia, Curitiba (PR)


Confira as temperaturas recordes para 2019 registradas em 6 de julho, conforme medição do Instituto Nacional de Meteorologia. De forma geral, são consideradas as observações feitas em estações meteorológicas convencionais, que possuem uma série histórica de medidas mais longa do que as estações automáticas. Para Campo Grande foi considerada a medição da estação meteorológica automática, usada pelo INMET, pois não há mais medição convencional nesta capital.



Curitiba (PR): -0,3°C (anterior: 6,3°C em 05/07)

menor temperatura desde 19/7/2017 quando fez -0,5°C


Porto Alegre (RS): 3,6°C (igualou o recorde anterior: 3,6°C em 27/06)

menor temperatura desde 27/8/2018 quando fez 3,5°C

 

Florianópolis (SC): 5,2°C (anterior: 8,7°C em 05/07)

menor temperatura desde 19/7/2019 quando fez 3,9°C


Campo Grande (MS): 5,6°C (anterior: 9,4°C em 25/05) 

 menor temperatura desde 18/7/2017 quando fez 4,3°C


São Paulo (SP): 7,4°C (anterior: 11,1°C em 09/06)

menor temperatura desde em 14/06/2016 quando fez 7,0°C

 

Cuiabá (MT): 14,5°C (anterior: 15,7°C em 25/05) 

menor temperatura desde 5/9/2018 quando fez 14,0°C


Rio Branco (AC): 14,6°C  (anterior: 17,2°C em 17/05)

em 2018, a menor temperatura foi 12,9°C em 27 de agosto


Rio de Janeiro (RJ): 14,0°C (igualou o recorde anterior: 14,0°C em 07/06)

em 2018, a menor temperatura foi 11,7°C em 12 de agosto



Mais recordes no domingo, 7

Esta massa de ar frio de origem polar que chegou ao Brasil ainda atua com muita força sobre o país neste domingo, 7 de julho. Será a segunda madrugada com a presença de muito ar polar e com pouca ou nenhuma nebulosidade sobre a maioria das áreas do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste e também de Rondônia e do Acre. A falta de nuvens à noite vai facilitar o resfriamento do ar. 

A madrugada de 7 de julho de 2019 será gelada nestas áreas e com possibilidade de novos recordes de frio as capitais Florianópolis, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Campo Grande, Cuiabá, Goiânia, Brasília, Porto Velho e Rio Branco. Para Porto Alegre, a chance de recorde é menor, mas não pode ser completamente descartada.

 

CIDADES RELACIONADAS

Cuiabá - MT

15°
min

26°
max

0mm / 0%

Florianópolis - SC

14°
min

17°
max

85mm / 90%