Setembro de 2019 foi o mais quente da história no mundo

18/10/2019 às 15:42
por Amanda Sampaio

Atualizado 18/10/2019 às 20:03

Oferecimento
Este também foi o segundo mês mais quente entre janeiro e setembro já registrado na história

A temperatura global da superfície terrestre e oceânica em setembro de 2019 igualou o recorde de 2015 como a mais alta para o mês em 140 anos de registros da NOAA. Esse foi o segundo mês mais quente de janeiro a setembro já registrado na história.

 

 

Anomalia e eventos climáticos significativos em setembro de 2019 (NOAA)

 

 

 

Anomalia e eventos climáticos significativos em setembro de 2019 (NOAA)

 

 

As images acima são um resumo mensal desenvolvido por cientistas dos Centros Nacionais de Informação Ambiental da NOAA (NOAA National Centers for Environmental Information), e fazem parte do conjunto de serviços climáticos que o órgão fornece a diversos setores.

 

 

Temperatura em setembro

 

Anomalia de temperatura do mar e da superfície global em setembro de 2019 (NOAA)

 

 

Em setembro deste ano, a temperatura nas superfícies terrestres e oceânicas mundiais ficou 1,71ºF (0,95°C) acima da média do século XX, de 59,0ºF (32,8°C), e igualou 2015 como a mais alta para um mês de setembro entre os anos de 1880 e 2019.

 

Os 10 meses de setembro mais quentes da história ocorreram a partir de 2005, e os últimos cinco anos (2015–2019) tiveram os meses mais quentes já registrados. Além disso, o mês passado também foi o mais quente no Hemisfério Norte, com 2,23ºF (+1,24°C) acima da média, e superou o recorde anterior de 0,05ºF (+0,03°C) em 2016.

 

Os recordes de temperaturas em setembro foram registrados em parte do oceano Pacífico Norte e Ocidental, no mar de Barents, centro-sul dos Estados Unidos contíguos, norte do Canadá, oceanos Atlântico e Índico, Oriente Médio, Mongólia e norte da China e da África.

 

Já a temperatura média global da superfície terrestre em setembro ficou 2,56°F (+1,42°C) acima da média do século XX, de 53,6ºF (29,8°C) , e foi a mais alta para o mês em 140 anos. A temperatura média global da superfície oceânica ficou 1,40ºF (0,78°C) acima da média mensal do século XX, de 61,1ºF (33,9°C).

 

Temperaturas entre janeiro e setembro de 2019

 

Anomalia de temperatura do mar e da superfície global - janeiro a setembro de 2019

 

 

A temperatura registrada entre janeiro e setembro deste ano nas superfícies terrestres e oceânicas globais ficou 1,69ºF (0,94°C) acima da média do século XX, que era de 57,5ºF  (31,9°C)  - a segunda mais alta entre os meses de janeiro e setembro em 140 anos.

 

Os registros de temperaturas acima ​​da média foram observados em grande parte do Alasca, oeste do Canadá e na Rússia central, onde ficaram pelo menos 2,7ºF (2,0°C) acima da média. Por outro lado, temperaturas abaixo ​​da média foram registradas em grande parte do centro-norte dos Estados Unidos contíguos e sul do Canadá.

 

Com relação aos recordes, as mais altas temperaturas entre janeiro e setembro foram registradas no centro-sul da África, oeste do Oceano Índico, Madagascar, partes da Austrália, oeste do Oceano Pacífico, Nova Zelândia, Ásia, Oceano Atlântico e Américas do Norte e Sul. Nenhuma área terrestre ou oceânica registrou recordes de temperaturas baixas entre janeiro e setembro de 2019.

 

 

Este conteúdo é uma tradução e adaptação do material publicado no site da NOAA. O arquivo original pode ser acessado em: https://www.ncei.noaa.gov/news/global-climate-201909

 

 

FASES DA LUA

  • Minguante
    19/12
  • Nova
    26/12
  • Crescente
    04/12
  • Cheia
    12/12

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    23/09
  • Verão
    22/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    20/06