Vento passou de 120 km/h no Rio Grande do Sul

29/10/2019 às 17:47
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Ainda há risco de ventania e de chuva forte no Sul do Brasil nesta terça-feira, 30

Rajadas de vento extremamente fortes, algumas acima dos 100 km/h, voltaram a ocorrer sobre o Sul do Brasil pelo terceiro dia consecutivo. Desta vez, o estado mais atingido foi o Rio Grande do Sul. A ventania veio de nuvens muito carregadas trazidas por fortes áreas de instabilidade que se formaram sobre o Uruguai e avançaram para o Rio Grande do Sul no amanhecer desta terça-feira, 29 de outubro. 

 

As rajadas mais intensas, acima dos 100 km/h, ocorreram em cidades do sul do Rio Grande do Sul, próximas da fronteira com o Uruguai, e causaram estragos como destelhamento. 

Pela posição das cidades e horários das rajadas é possível determinar como as tempestades se deslocaram sobre o estado.

 

Estas nuvens muito carregadas estão se desenvolvendo por causa de um centro de baixa pressão atmosférica forte que tem estado posicionado entre o norte da Argentina e o Paraguai e um intenso fluxo de ar quente e úmido que vem sendo direcionado para toda a região entre o Brasil, o Uruguai, a Argentina e o Paraguai.

 

Veja algumas nuvens que se formaram no Rio Grande do Sul em 29/10/2019

 

 

 

Foto de Solimar Winch, Porto Alegre (RS)  - 29/10/2019

 

 

Foto de Edson Oesterreich, Toropi (RS) - 29/10/2019

 

 

Foto de Leyhar, São Gabriel (RS) - 29/10/2019

 

 

Mais temporais nesta quarta-feira

O Rio Grande do Sul ainda deve sofrer com mais temporais nesta quarta-feira, 30 de outubro. As pancadas de chuva devem ocorrer em todo o estado e várias vezes no decorrer do dia. De forma geral, as rajadas de vento mais intensas devem variar de 70 km/h a 100 km/h, mas algumas rajadas podem passar dos 100 km/h. Há risco de granizo.

 

Santa Catarina e Paraná também podem ter fortes pancadas de chuva na tarde e noite nesta quarta-feira, mas com menos frequência do que no Rio Grande do Sul. Podem ocorrer rajadas de vento entre 70 km/h a 100 km/h e há risco de granizo.


Velocidade do vento

Confira as maiores rajadas registradas em 29/10/2019 no Rio Grande do Sul, pela medição do INMET -  Instituto Nacional de Meteorologia - até 16 horas

 

Dom Pedrito : 126 km/h entre 6h e 7h

Dom Pedrito: 106 km/h entre 7h e 8h

Santana do Livramento: 112 km/h entre 6h e 7h

Bagé: 96 km/h entre 6h e 7h

Caçapava do Sul: 95 km/h entre 8h e 9h

Quaraí: 94 km/h entre 5h e 6h

Rio Pardo: 93 km/h entre 9h e 10h

São Vicente do Sul: 89 km/h entre 7h e 8h e entre 8h e 9h

Cambará do Sul: 87 km/h entre 12h e 13h

Tramandaí: 86 km/h entre 2h e 3h

Soledade: 83 km/h entre 10h e 11h

Tramandaí: 82 km/h entre 11h e 12h

Passo Fundo: 80 km/h entre 11h e 12h e entre 12h e 13h

 

O aeroporto de Porto Alegre teve rajadas de 66 km/h a 75 km/h entre 10h36 e 11h00

 

Outras áreas de nuvens carregadas cresceram sobre Santa Catarina e também provocaram tempestades. O aeroporto de Florianópolis registrou rajada de 97 km/h às 15h11min.

 

 

 

Local e horário da intensas rajadas de vento no RS em 29/10/2019

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

15°
min

20°
max

5mm / 90%

Porto Alegre - RS

13°
min

21°
max

0mm / 0%