Menos vento e menos chuva no Sul do BR nesta sexta

31/10/2019 às 22:57
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Rajadas chegaram aos 130 km/h na quinta, 31, na serra do RS e de SC. Risco de temporais volta a aumentar no fim de semana.

Por volta das 20 horas desta quinta-feira as áreas de instabilidade sobre o Sul do Brasil já estavam bastante enfraquecidas.  A chuva caía fraca em alguns locais em Santa Catarina e do Paraná. Depois das tempestades e da ventania desta quinta-feira, 31 de outubro, os temporais dão uma trégua ao sul do Brasil nesta sexta-feira, mas devem retornar no fim de semana.

 

Menos vento e menos chuva no Sul nesta sexta

Pancadas de chuva e rajadas de vento ainda devem ocorrer no Sul do Brasil nesta sexta-feira, 1 de novembro. Quase toda a Região Sul terá sol, mas com chance de ter pancadas de chuva com raios à tarde ou à noite. Porém, a chuva desta vez deve ocorrer em menos áreas do que nos últimos dias e não há expectativa de temporal. As rajadas máximas devem variar de 40 km/h a 70 km/h.

 

Pancadas de chuva podem ocorrer em Porto Alegre, mas não deve chover no sul do Rio Grande do Sul, uma das regiões mais castigadas pela chuva intensa e a ventania nos últimos dias.  

 

A região do Vale do Itajaí e da Grande Florianópolis têm um dia com muitas nuvens, chuva fraca a moderada e algumas aparições do sol.

 

O litoral do Paraná fica nublado, com chuva a qualquer hora. Para a Grande Curitiba  a previsão é de um dia com períodos de sol entre muitas nuvens. Não deve chover na região de Londrina e na área próxima ao sul de São Paulo.

 

Durante a quinta-feira, 31, uma massa de ar de origem polar começou a influenciar o Sul do Brasil injetando ventos frios sobre a Região. O calor começou a diminuir e houve uma grande elevação da pressão atmosférica. Este é uma condição importante para fazer com que a atmosfera fique menos instável, menos propícia a temporais.

 

Risco de chuva forte no fim de semana

A trégua dos temporais no Sul do Brasil será curta. As condições para chuva e temporais com ventania voltam a aumentar durante o sábado, 2 de novembro. 

A chegada de uma nova frente fria ao Rio Grande do Sul e outra forte queda da pressão do ar no noroeste da Argentina e sobre o Paraguai vão estimular a formação de novas  áreas de instabilidade sobre a Região Sul. 

 

 

Foto de Ricardo Pigatto, Erechim (RS)

 

 

Semana de ventania no Sul

A última semana de outubro de 2019 foi marcada por violentos temporais no Sul do Brasil. Além da chuva forte, o que mais impressionou foi a ventania. Rajadas de vento com mais de 100 km/h ocorrer todos os dias na Região desde o domingo, 27 de outubro.

 

Nesta quinta-feira, 31, as rajadas foram ainda mais intensas e alcançaram 130 km/h nas serra gaúcha e catarinense.

 

Confira onde ocorreram as rajadas mais fortes na Região Sul em 31/10/2019

 

Bom Jardim da Serra/Morro da Igreja (SC): 131 km/h entre 3h e 4h

Lagoa Vermelha (RS): 130 km/h entre 1h e 2h;

Bom Jardim da Serra/Morro da Igreja (SC): 122 km/h entre 4h e 5h

Soledade (RS): 96 km/h entre 23h de 30/10 e 00h de 31/10;

Bom Jardim da Serra/Morro da Igreja (SC): 94 km/h entre 7h e 8h

Marechal Cândido Rondon (PR): 90 km/h entre 15h e 16h;

Icaraíma (PR): 89 km/h entre 16h e 17h;

Bom Jardim da Serra/Morro da Igreja (SC): 89 km/h entre 8h e 9h

Campos Novos (SC): 87 km/h entre 2h e 3h;

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

17°
min

23°
max

4mm / 90%

São Paulo - SP

17°
min

28°
max

12mm / 67%