Óleo derramado no Nordeste pode atingir o RJ nos próximos dias

13/11/2019 às 12:24
por Amanda Sampaio

Oferecimento
Autoridades já trabalham na vigilância da costa fluminense

As manchas de óleo que foram derramadas em toda a costa do Nordeste já atingem sete praias do Espírito Santo, e autoridades temem que elas cheguem à costa fluminense nos próximos dias.

 

Em entrevista ao Estadão Conteúdo, Humberto Barbosa, coordenador do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélite (LAPIS), disse que a intensidade e direção das correntes marítimas e ventos na superfície do mar serão determinantes para a chegada do óleo ao Rio.

 

A meteorologista Marina Vieira, da Climatempo, explica que a Corrente do Brasil flui da costa do Nordeste para o Sul ao longo da margem continental brasileira. “Com isso, é bem provável que o óleo chegue ao norte fluminense, no entanto, é difícil precisar quando isso irá ocorrer”. Marina afirma ainda que a mudança na circulação dos ventos causada pela atuação de um ciclone na costa do Sudeste nos próximos dias pode afetar momentaneamente as correntes e processos marítimos na região, o que deve tornar o transporte das manchas de óleo mais difícil de prever.

 

Como forma de precaução, o Governo do Estado do Rio de Janeiro está trabalhando na vigilância da costa fluminense por meio de um grupo de trabalho especial, cujo objetivo é garantir pronta resposta caso o óleo chegue ao litoral. A coordenação da equipe, composta por técnicos da secretaria estadual do Ambiente e Sustentabilidade e do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), está a cargo da secretária estadual Ana Lúcia Santoro.

 

Em nota, o INEA informou que realizou, na última semana, a capacitação de 80 pessoas, entre técnicos da Defesa Civil estadual, do Corpo de Bombeiros e do próprio órgão ambiental, além de militares do Exército para atuação em caso de surgimento de óleo na costa. Além disso, o instituto afirmou que o treinamento incluiu atividade prática na praia, onde o grupo simulou atendimento de emergência.

 

Desde a última segunda-feira, 11, o Inea iniciou a capacitação dos 25 municípios costeiros do estado. Inicialmente, o foco será nos municípios do noroeste fluminense e região dos lagos e, na próxima semana, nos municípios da Região Metropolitana e do sul fluminense.

 

A Marinha do Brasil não se pronunciou sobre a possibilidade do óleo avançar para a costa fluminense, mas informou em nota que “os pequenos fragmentos que vêm atingindo o litoral norte capixaba têm sido recolhidos imediatamente pelas equipes da Marinha, Exército e dos Municípios, e recebendo em seguida a correta destinação ambiental”.

 

Imagem: Adema/Governo do Sergipe/Divulgação

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Rio de Janeiro - RJ

21°
min

30°
max

20mm / 80%

FASES DA LUA

  • Minguante
    19/12
  • Nova
    26/12
  • Crescente
    04/12
  • Cheia
    12/12

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    23/09
  • Verão
    22/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    20/06