Chuva de meteoros Geminids poderá ser vista no fim de semana

12/12/2019 às 22:16
por Josélia Pegorim

Oferecimento
É a maior chuva de meteoros, ou estrelas cadentes, do ano. Dá para ver a olho nu, em locais escuros, se as nuvens deixarem. Confira a previsão!

 

A chuva de meteoros Geminids é a maior do ano, a mais intensa. Ocorre todos os anos e tem este nome porque os meteoros saem da constelação de Gêmeos. Popularmente chamamos os meteoros de “estrelas cadentes”.

 

A Geminids vem ocorrendo desde o início de dezembro, mas tecnicamente o pico ocorre nos dias 12 e 13, quando se tem a maior quantidade de meteoros por hora. A taxa horária estimada nestes dias é de 100 e 120 “estrelas cadentes” por hora.

 

Mas justamente nestes dois dias, a Lua estará na fase cheia e seu brilho vai atrapalhar muito a observação das estrelas cadentes e de outros objetos estelares. O professor Marcos Calil, do planetário e teatro digital Johannes Kepler, em Santo André, na Grande São Paulo, costuma brincar dizendo: “O melhor dia para convidar um astrônomo para comer uma pizza é em noite de Lua cheia. Não dá para trabalhar! Ninguém vê nada no céu por causa da luz da Lua cheia”.

 

 

Foto de Suzete Soares, São Paulo (SP): lua cheia em 12/12/2019

 

 

A Lua cheia (100% disco lunar iluminado) ocorreu às 2h12min da madrugada do dia 12 de dezembro. Por isso, o melhor é aproveitar as noites do fim de semana,  noite do sábado, 14, madrugada e noite do domingo, 15 de dezembro, para apreciar a chuva de meteoros Geminids. A taxa horária de queda de meteoros nos dias 14 e 15 de dezembro é de aproximadamente 80 meteoros por hora.

O evento astronômico continua ocorrendo até o fim de dezembro, porém a quantidade de estrelas cadentes por minuto vai diminuindo e vai ficando mais difícil de ver.

 

 

Não precisa de aparelhos para ver

Para ver eventos astronômicos deste tipo o ideal é ir para um lugar fora das cidades, na estrada, em local escuro, sem iluminação artificial. Uma cadeira de praia, uma colcha para estender no chão e deitar pra olhar para o céu é o suficiente para ver a chuva de meteoros. Pic-nic no mato de noite!

A lua estará em fase decrescente e poderá atrapalhar um pouco a visualização.

 

 

Nos dois Hemisférios

A Geminids poderá ser vista tanto no Hemisfério Sul como no Hemisfério Norte. Poderá ser vista em todo o Brasil, desde que as condições meteorológicas e de iluminação local estejam favoráveis.

Para ver eventos astronômicos deste tipo o ideal é ir para um lugar fora das cidades, na estrada, em local escuro, sem iluminação artificial.

 

É preciso paciência, pois a observação não é rápida. Uma cadeira de praia, uma colcha para estender no chão e deitar para olhar para o céu é o suficiente para ver a chuva de meteoros. Disponha-se a fazer um pic-nic no mato e de noite!

Nas noites dos dias 14 e 15, a lua estará em fase decrescente e já não deve atrapalhar tanto a visualização das estrelas cadentes como nas noites dos dias 12 e 13.

 

 

 

Chuva de meteoros Geminds

 

 

Previsão de nebulosidade

O espetáculo é lindo e de graça, mas só poderá ser visto se as nuvens deixarem. E a previsão não é das mais animadoras. Quase todo o Brasil está com ar muito úmido, o que estimulada a formação de muitas nuvens e de chuva. O ar seco predomina só no Nordeste, mas no domingo avança para alguns estados do Sudeste e do Centro-Oeste diminuindo a nebulosidade, o que vai favorecer a observação do céu a olho nu.

 

Confira a previsão da nebulosidade e da chance de visualização das estrelas cadentes da chuva Geminids, na noite do dia 14 de dezembro, madrugada e noite do dia 15 e na madrugada do dia 16 de dezembro.

 

 

Previsão de nebulosidade para a visualização da chuva de meteoros Geminids no Brasil

 

 

 

Previsão de nebulosidade para a visualização da chuva de meteoros Geminids no Brasil

 

 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

20°
min

32°
max

15mm / 71%

FASES DA LUA

  • Minguante
    17/01
  • Nova
    24/01
  • Crescente
    03/01
  • Cheia
    10/01

ESTAÇÕES DO ANO

  • Verão
    22/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    20/06
  • Primavera
    22/09