Balanço do temporal em São Paulo em 8/1/2020

08/01/2020 às 23:39
por Josélia Pegorim

Atualizado 09/01/2020 às 04:41

Oferecimento
Capital paulista registra maior quantidade de alagamentos no ano até agora. Dois córregos transbordaram.

Durante a quarta-feira, 8 de janeiro, nuvens bastante carregadas voltaram a crescer sobre o estado de São Paulo por causa do calor, da umidade do ar elevada e da chegada de uma frente fria ao litoral paulista. Fortes pancadas de chuva foram observadas em áreas da capital e da Grande São Paulo, no litoral e no interior do estado. 

 

Na Grande São Paulo, as pancadas de chuva começaram durante a tarde desta quarta-feira, e prosseguiram pela noite, alternando horas com chuva forte, moderada e fraca.

Por volta das 23h, a chuva voltou a ficar forte sobre parte a Grande São Paulo e deve se prolongar pelas horas da madrugada da quinta-feira, 9 de janeiro.

 

Mais pancadas de chuva são esperadas para a tarde e noite da quinta-feira e pode voltar a chover forte.

 

Acompanhe a chuva sobre a Grande SP pelos radares Climatempo-USP

 

 

Alagamentos na capital paulista

O número de alagamentos na cidade de São Paulo em 8 de janeiro foi o maior de 2020 até agora. Segundo o CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura - até às 22 horas,  haviam 42 pontos alagados pela cidade, mas apenas 8 estavam ativos, sendo 1 intransitável. A contabilidade final foi de 60 alagamentos no dia 8 de janeiro.

Dias de janeiro de 2020 com mais de 10 alagamentos em São Paulo, segundo o CGE

Dia 8: 60 pontos

Dia 7: 32 pontos

Dia 4: 22 pontos

Dia 2: 20 pontos

Dia 1: 15 pontos

 

Saiba o risco de alagamento na Grande SP no site da Climatempo

 

 

 

Foto de Marcelo Pinheiro, São Paulo (SP)

 

 

Transbordamento de córregos

Toda a cidade de São Paulo entrou em atenção para alagamentos a partir das 16 horas, mas antes deste horário,  as zonas sul, sudeste, leste e a marginal do rio Pinheiros já estavam nesta situação.

 A região de Jaçanã/Tremembé, na zona norte da capital, entrou em alerta por causa do transbordamento do córrego Paciência.  A região do Itaim Paulista, na zona leste, também entrou em alerta com o transbordamento do córrego Lajeado.

 

 

Raios

A rede Earth Networks de detecção de descargas elétricas atmosféricas registrou 2005 descargas sobre São Paulo entre 15 horas e 23 horas. Deste total, 1382 foram entre as nuvens e 623 descargas foram raios que chegaram ao solo.

 

 

Queda de granizo

Segundo informação do CGE, houve queda de granizo na zona leste, em Guilhermina Esperança, às 18h50

 

 

Rajadas de vento

Aeroporto de Cumbica, cidade de Guarulhos, às 17h34: 39 km/h

Aeroporto do Campo de Marte, zona norte, às 18h31: 35 km/h

 

 

Volumes de chuva

O INMET - Instituto Nacional de Meteorologia - registrou um total de 39,6 mm na estação meteorológica do SESC Interlagos, na zona sul da capital. O total acumulado em 24 horas, entre 20 horas do dia 7 e 20 horas de 8 de janeiro foi de 65,0 mm. O total de chuva desde o início de janeiro foi de aproximadamente 110 mm.

Na estação meteorológica automática do Mirante de Santana, na zona norte da capital, o INMET registrou 26,8 mm nas de horas da chuva da tarde e noite desta quarta-feira. O total acumulado em 24 horas, entre 20 horas do dia 7 e 20 horas de 8 de janeiro foi de 41,0 mm. O total de chuva desde o início de janeiro foi de aproximadamente 120 mm.

 

A chuva caiu forte na região de Santo André e causou alagamentos. As imagens são de Valdir Hermann

 

 

 

 

Maiores volumes de chuva  registrados pelas estações meteorológicas automáticas do CGE  até às 19h40

 

Capela do Socorro - 45,6mm

São Mateus - 41,6mm

Pinheiros 31,6mm

Tremembé - 28,0mm

Sé - 27,8mm

 

Maiores índices registrados pela rede telemétrica do Alto Tietê, até às 19h40

 

Córrego do Oratório - Vila Prudente: 48,8mm

Rio Aricanduva - Av. Ragueb Chohfi: 41,6mm

Rio Verde - Rua Cunha Porã: 38,0mm

Córrego Jacú - Av. Itaquera: 34,4mm

Rio Tietê - Ponte do Limão: 30,0mm

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

15°
min

29°
max

12mm / 80%