Forte massa de ar frio avança sobre o centro-sul do Brasil

02/07/2020 às 04:23
por Redação

Oferecimento
Grande risco de geada nos estados do RS, SC, PR, SP, sul de MG e MS. Capitais São Paulo, Curitiba e Campo Grande podem registrar recordes de frio

O ar frio de origem polar volta a se espalhar sobre o centro-sul do Brasil e causa acentuada queda da temperatura em alguns estados nestes primeiros dias de julho. Este ar frio de origem polar começou a se espalhar sobre o Brasil ontem e nesta quinta-feira, 2 de julho, atua com mais força sobre o Sul do Brasil, em São Paulo e em Mato Grosso do Sul. As capitais São Paulo, Campo Grande e Curitiba podem registrar as menores temperaturas do ano até agora.



Às 3 horas da madrugada, a temperatura já estava bastante baixa e com potencial para congelamento formando a geada em muitas áreas da Região Sul, no sul de Mato Grosso do Sul, no sudoeste/sul de São Paulo e na serra da Mantiqueira..

A temperatura nesta hora já  estava com alguns valores abaixo de 0°C na serra de Santa Catarina, mas continua em declínio até o início 

 

Precipitações de inverno 

A possibilidade de ocorrência de precipitações de inverno como neve e chuva congelada está sendo considerada para a madrugada e manhã do dia 2 de julho de 2020.  Mas não há expectativa de uma grande nevada e nem de que os fenômenos aconteçam em grande escala.  Alguma precipitação de inverno ocorrer será em pequenas áreas, nos pontos mais elevados da serra gaúcha e catarinense.

 

Cidades catarinenses como Bom Jardim da Serra, Urubici,  Urupema, e gaúchas  São José dos Ausentes e Bom Jesus são candidatas a terem alguma precipitação de inverno pela primeira vez em 2020.

 

 

 

Foto de Agência São Joaquim Online, São Joaquim (SC)

 

 

Temperaturas abaixo de 0°C

Temperaturas abaixo de 0°C devem ocorrer na passagem desta massa polar sobre o Sul do Brasil, mas é possível que a serra da Mantiqueira, no Sudeste, também registre marcas negativas.

Confira alguns valores baixos registrados pelo INMET - Instituto nacional de meteorologia na madrugada de 2 de julho, até às 3 horas.

 

Bom Jardim da Serra/Morro da Igreja (SC): -0,4°C

Monte Verde (MG): 0,4°C

Inácio Martins (PR): 1,4°C

São José dos Ausentes (RS): 2,4°C

Campos do Jordão (SP): 2,8°C

Rancharia (SP): 4,7°C

Amambai (MS): 3,8°C

 

Possibilidade de recorde de frio em Curitiba

A cidade de Curitiba  pode ter recorde de frio nesta quinta-feira 2 de julho.  Segundo a medição no Instituto Nacional de Meteorologia,  a menor temperatura neste ano na capital do Paraná, até o dia 1 de julho, foi de 4,1°C, em dia 29 de maio.



Possibilidade de recorde de frio em São Paulo

A cidade de São Paulo pode ter recorde de frio nesta quinta-feira. Segundo a medição no Instituto Nacional de Meteorologia,  até 1 de julho, a menor temperatura na capital paulista até este ano foi de 9,6°C,  no dia 29 de Maio.

 

Possibilidade de recorde de frio em Campo Grande

Campo Grande poderá registrar a menor temperatura do ano nesta quinta-feira 2 de julho.  Segundo a medição no Instituto Nacional de Meteorologia,  a menor temperatura na capital de Mato Grosso do Sul até o dia 1 de julho era de 9,2°C, em 7 de maio.

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Campos do Jordão - SP


min

22°
max

0mm / 0%

São Paulo - SP

12°
min

25°
max

0mm / 0%

FASES DA LUA

  • Nova
    18/08
  • Crescente
    25/08
  • Cheia
    03/08
  • Minguante
    11/08

ESTAÇÕES DO ANO

  • Inverno
    20/06
  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12