Formação de ciclone extratropical provoca muita chuva no Sul

08/07/2020 às 00:47
por Redação

Oferecimento
Sistema se organiza totalmente na madrugada desta quarta,8, e rajadas de vento tendem a aumentar no RS e em SC. Ciclone se afasta para alto-mar à noite.

Como já era esperado,  o processo de formação de um ciclone extratropical e de uma frente fria, intensificaram áreas de instabilidade sobre a Região Sul do Brasil,  o que causou chuva volumosa e constante sobre a maioria das áreas do Rio Grande do Sul e em muitas áreas de Santa Catarina no decorrer da terça-feira, 7 de julho.

 

O dia foi marcado por céu nublado e chuva persistente, que ganhou força durante a tarde e a noite caindo forte em algumas horas. Por volta das 23 horas, o tempo permanecia instável especialmente sobre o centro, leste e norte/noroeste do Rio Grande do Sul, e sobre o centro-sul.

 

Os volumes de chuva acumulados no período de 24 horas entre a noite da segunda e a noite da terça-feira 7 de julho foram impressionantes. Muitos locais registraram mais de 90 mm de chuva.  Acumulados superiores a 100 mm também foram observados em vários municípios. 

A chuva volumosa foi observada também sobre a região da Grande Porto Alegre. Na região de Belm Velho, na capital gaúcha,  o Cemaden registrou mais de 116 mm entre 22 horas do dia 6 e 22 horas de 7 de julho, o que representa grande parte do volume médio de chuva para o mês de julho em Porto Alegre,  que é de 141mm.

 

Ventos

Até por volta das 23h30 de 7/7/2020, o ciclone extratropical não estava tecnicamente formado. Porém, algumas rajadas fortes já começavam a ocorrer. O aeroporto de Porto Alegre registrou uma rajada de 61 km/h às 22 horas da terça-feira, 7 de julho. Por volta das 20 horas, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma rajada com 87 km/h no morro da Igreja, em Bom Jardim da Serra, na região serrana de Santa Catarina.

Entre 14 horas e 15 horas, Xanxerê, no oeste catarinense, teve rajada de 62 km/h. Várias áreas do Rio Grande do Sul registraram rajadas entre 50 km/h e 59 km/h na tarde e noite da terça-feira.

 

Formação do ciclone extratropical

Um ciclone extratropical continua se organizando na madrugada da quarta-feira entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. No começo da manhã da quarta-feira, 8 de julho, o ciclone extratropical já deve estar completamente formado e com centro no litoral norte do RS e sul de SC., com previsão de pressão mínima de até 1005 hPa, até o começo da manhã. 

Mas até o meio da tarde, por volta das 15 horas, o ciclone extratropical estará mais forte, com pressão um pouco abaixo de 1000 hPa. Quanto mais baixa a pressão do ar, mais forte fica o vento. Assim, as rajadas de vento tendem a aumentar no decorrer da quarta-feira, 8, no litoral e leste do Rio Grande do Sul, incluindo a Grande Porto Alegre, e na serra gaúcha e catarinense. Devem ocorrer várias rajadas ao longo do dia e algumas podem ser da ordem de 100 km/h.

 

Este ciclone extratropical não é tão forte como o ciclone extratropical que se formou na semana passada (ciclone bomba) e deve começar a se afastar do litoral do Rio Grande do Sul já no fim da tarde desta quarta-feira.

 

O sistema continua se afastando para alto-mar na quinta-feira, sempre ao largo do litoral do Rio Grande do Sul. 

O ciclone extratropical não vai avançar para o litoral do Sudeste, não vai passar sobre o litoral de Santa Catarina e nem do Paraná. Isto não impede que os ventos sejam fortes.

O ciclone extratropical não vai avançar para o litoral da Região Sudeste. Não vai passar por São Paulo e nem pelo Rio de Janeiro. Mesmo assim, SP e RJ vão sentir rajadas de vento nesta quarta-feira, 8 de julho, com até 70 km;h. 

O efeito é menor do que o da semana passada. 

 

Previsão do tempo para a quarta-feira

As áreas de instabilidade enfraquecem no interior do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e a chuva vai diminuindo no decorrer da quarta-feira, 8 de julho. Mas o dia ainda deve chuvoso na Grande Porto Alegre, no litoral e leste gaúcho. 

O Vale do Itajaí, o leste e norte do Paraná, incluindo a Grande Curitiba devem pancadas de chuva com raios à tarde e à noite podendo chover e ventar com forte intensidade, com rajadas entre 60 km/h e 80 km/h.

 

Na quinta-feira, 9, não deve chover mais na Região Sul. O sol volta a predominar, o vento fica fraco e o frio aumenta.

 

Temperatura em declínio

Com a grande quantidade de nuvens e a chuva escondendo o Sol e a entrada do ar frio de origem polar, a temperatura cai no Sul do Brasil. A sensação de frio aumenta no decorrer da tarde e principalmente à noite.

 

O frio aumenta na quinta-feira, com previsão geada para todo o interior do Rio Grande do Sul, para o centro, oeste e sul de Santa Catarina e para o sul do Paraná.



Volumes de chuva

Em muitas áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina,  a chuva acumulada entre 22 horas do dia 6 e 22 horas de 7 de julho representou grande porção da média de chuva para este mês. Pelos cálculos do Instituto Nacional de Meteorologia,  a média de chuva julho para o Rio Grande do Sul e também para Santa Catarina varia de 100 a 200 mm.



 

Climatologia de precipitação para julho no Sul do Brasil

 

 

Confira os volumes de chuva registrados pelo CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - no período de 24 horas entre 22 horas de 6/7/2020 até 22 horas de 7/7/2020, aproximadamente. 



UF

Município

Local

Chuva 24h (mm)

SC

Praia Grande

Serra do Faxinal

146.2

SC

Santa Rosa Do Sul

Vila Nova

140.4

SC

Timbé Do Sul

Centro

131.4

SC

Maracajá

Centro

129.2

SC

São João Do Sul

Centro

124.8

SC

Sombrio

Garuva de Cima

124.0

SC

Turvo

Turvo 01

123.8

SC

Jacinto Machado

Centro

120.4

SC

Balneário Gaivota

Lagoa de Fora

115.4

SC

Forquilhinha

Centro

111.8

SC

Criciúma

Sangão

111.6

SC

Araranguá

Centro

101.6




UF

Município

Local

Chuva 24h

RS

Santa Rosa

Glória

182.2

RS

Serafina Corrêa

Centro

142.0

RS

Passo Fundo

Dona Elisa

129.8

RS

Ijuí

Centro

123.4

RS

Torres

Predial

112.8

RS

Lajeado

Moinhos D´Agua

106.8

RS

Porto Alegre

Belm Velho

105.1

RS

Soledade

Centro

103.4

RS

Venâncio Aires

Centro Linha Brasil

101.8

RS

Alvorada

Jardim Algarve

96.6

RS

Canoas

Rio Branco

96.4

RS

Viamão

São Lucas

95.6

RS

Maquiné

Centro

95.2

RS

São Sebastião Do Caí

Rio Caí

94.2

RS

Cruzeiro Do Sul

Sec. da Agricultura

93.4

RS

Novo Hamburgo

Subsec.de Obras

90.6




CIDADES RELACIONADAS

Alvorada - RS


min

15°
max

30mm / 90%

São Paulo - SP

13°
min

27°
max

0mm / 0%

FASES DA LUA

  • Nova
    18/08
  • Crescente
    25/08
  • Cheia
    03/08
  • Minguante
    11/08

ESTAÇÕES DO ANO

  • Inverno
    20/06
  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12