Julho deve terminar quente e seco em São Paulo

24/07/2020 às 01:44
por Redação

Oferecimento
Duas frentes frias ainda devem mudar o tempo na capital até o fim do mês, porém a chance de chuva é baixa

Duas frentes frias ainda devem mudar o tempo na capital até o fim do mês, porém a chance de chuva é baixa

 

Até o dia 23 de julho, a cidade de São Paulo registrou apenas 2,2 mm de chuva na estação do Mirante de Santana, pelos dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). A média Climatológica mensal é de 47,8 mm para o mês de julho e o acumulado até agora é o mais baixo para um julho desde 2017, quando o índice pluviométrico em julho foi de apenas 0,8 mm. 

 

Seguindo os dados observados até agora, e também acompanhando os valores previstos pela Climatempo, a cidade de São Paulo deverá registrar chuva muito abaixo da média e valores de temperatura mínima e máxima acima da média climatológica mensal. 

 

 

 

Foto de Angela Ruiz, São Paulo (SP)

 

A atuação de um sistema de alta pressão atmosférica e de frentes frias que não causaram grandes mudanças na na região da capital paulista  contribuíram para o tempo quente e seco. Porém, vale ressaltar que o acumulado mensal na capital não é elevado e também não é suficiente para a recuperação de reservatórios ou de recuperação de sistemas hídricos de irrigação, por exemplo. 

 

Confira os julhos mais secos entre 1980 e 2019

 

ano

chuva em julho (mm)

2008

0,0

1985

0,6

2017

0,8

1988

2,2

2011

4,5

2016

6,4

1996

7,2

1997

10,0

1998

10,1

1987

10,7

 

 

 

Duas frentes frias até o fim de julho

Até o fim de julho, duas frentes frias devem impactar o tempo na cidade de São Paulo, uma neste domingo (26) e outra na quarta-feira (29), mas estes sistemas não trazem indicativos de recuperação da chuva na Região Metropolitana. Há expectativa apenas de redução da temperatura no domingo (26) e entre a quarta e quinta-feira (30). No entanto, logo em seguida outro sistema de alta pressão deve atuar e deixar o tempo ensolarado e quente novamente. Com isso, as médias de temperatura mínima e máxima devem ficar de 2,0 a 2,5 °C acima da média climatológica.

 

Com previsão de cerca de 2,0 mm na passagem da frente fria do dia 26 e de até 10 mm com a segunda frente fria no dia 29, o acumulado de chuva de julho de 2020 na cidade de São Paulo poderá ficar até 70% abaixo da média mensal.

 

Cantareira

No dia 23 de julho, o sistema Cantareira operava com 53,6% da sua capacidade total, mesmo com acumulado na região de apenas 4,9 mm dentro do mês corrente. A média histórica da porcentagem do sistema em julho é de 47,7%, segundo a SABESP. Até agora temos 5,9 pontos percentuais de "folga". Porém isto ainda não é motivo para comemorar, pois o indicativo não é de melhoria dentro dos próximos meses.

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

13°
min

20°
max

0mm / 0%