A Frozen do inverno de 2020 vem aí, mas não vai nevar em SP

17/08/2020 às 21:18
por Redação

Atualizado 17/08/2020 às 23:09

Oferecimento
Previsão é de muito frio em SP a partir de quinta-feira. Capital paulista deve bater recordes de frio.

A temperatura sobe muito até a quarta-feira, mas aí, a Frozen do inverno de 2020 chega ao estado e faz a temperatura despencar. Vai esfriar muito a partir da quinta-feira, 20 de agosto, e a capital paulista pode até bater os recordes de frios para este ano, mas não vai nevar no estado de São Paulo.

 

Previsão de chuva

Áreas de instabilidade já provocam chuva nesta terça-feira, 18 de agosto, sobre várias regiões do estado de São Paulo, incluindo a Grande São Paulo. 

Na quarta, 19, os períodos com sol aumentam, esquenta rapidamente e a sensação de calor predomina em grande parte do dia. Mas tem previsão de pancadas de chuva com raios à tarde e à noite na divisa com o Paraná, no sul e leste do estado, onde estão a Grande São Paulo e o litoral. A chuva pode vir moderada!

 

Mas o tempo fica mais instável, com maior chance de chuva na quinta-feira, 20 de agosto, com a chegada da uma forte e grande frente fria. Além de chuva, este sistema traz muito frio. Será a frente fria Frozen do inverno de 2020, a mais forte deste ano.  

 

Entre a quinta-feira e a sexta-feira, 21 de agosto, poderá chover em todo o estado, com chance de chuva moderada a forte no oeste, sul, e leste do estado, incluindo a Grande São Paulo e o litoral, com risco de chuva moderada a forte, ventos moderados a fortes e raios.

 

Previsão de muito frio

Esta frente fria traz a massa de ar frio de origem polar mais forte do ano e este ar gelado chega a São Paulo na quinta-feira, 22. Vai esfriar muito em todas as regiões paulistas, mas não há condições para nevar em nenhuma região do estado. A chance de nevar é alta só no Sul do Brasil

Entre a tarde do da quarta, 19, e a tarde de quinta-feira, 20 de agosto, a temperatura deve baixar cerca de 10°C na capital paulista. 

 

 

 

Foto de Angela Ruiz, São Paulo (SP)

 

Possibilidade de recorde de frio em São Paulo

Até o dia 17 de agosto, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura na cidade de São Paulo foi de 9,6°C, no dia 29 de maio.

A menor temperatura máxima foi de 15,9°C, no dia 15 de julho.

 

A previsão da Climatempo indica que os dois recordes de frio poderão ser batidos durante a passagem da forte onda de frio no fim desta semana. O recorde de menor temperatura de 2020 poderá ser batido nas madrugadas dos dias 22 e 23 de agosto, no próximo fim de semana

 

O recorde de menor temperatura máxima e de tarde mais fria do ano poderá ser observado na sexta-feira, 21. Se não ocorrer, há uma nova chance no sábado, 22. A temperatura sobe na tarde do domingo.

 

Em relação às temperaturas no estado,  durante a passagem da onda de frio poderemos ter  de 3°C a 5°C no oeste e sul do estado. Estas devem ser as menores temperaturas inicialmente previstas. É possível que haja correções no decorrer da semana, conforme o ar frio intenso vai entrando no estado. 

 

No Litoral as menores até o domingo devem ser  7°C a 10°C

 

Maiores temperatura no estado essa semana ficam no norte/noroeste do estado ainda podendo chegar aos 36°C na quarta-feira à tarde.

 

Geada

No próximo fim de semana, as madrugadas serão muito frias no estado de São Paulo e não se pode descartar a chance de geada no sul e no oeste do estado.

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

10°
min

19°
max

0mm / 0%