Após segunda tarde mais quente desde 1943, São Paulo refresca

02/10/2020 às 17:39
por Amanda Sampaio

Atualizado 02/10/2020 às 23:26

Oferecimento
Frente fria causa virada radical do tempo no fim de semana, mas alívio do calor é por pouco tempo

A tarde de 2 de outubro de 2020 foi a mais quente de 2020 na cidade da São Paulo e segunda mais calorenta em quase 80 anos de medições do INMET no Mirante de Santana, na zona norte da capital. A temperatura máxima foi de 37,4°C, configurando três dias consecutivos de calor extremo, com temperatura em torno dos 37°C. A média histórica de temperatura máxima para um de outubro na cidade de São Paulo é de 25,9°C. A marca desta sexta-feira, 2 de outubro, ficou 11,5°C acima da média.

 

2ª maior temperatura desde 1943

A quebra do recorde  histórico de calor era esperada para o fim desta semana, mas isto não ocorreu. A maior temperatura já registrada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) na capital paulista ainda é de 37,8°C em 17 de outubro de 2014. Mas as temperaturas máximas registradas nos dias 30 de setembro, 1 e 2 de outubro de 2020 são agora a segunda e a terceira maiores desde o início das medições no Mirante de Santana,  em 1943.

 

Confira as 7 maiores temperaturas já registradas pelo INMET na cidade de São Paulo, na região do Mirante de Santana, na zona norte da capital paulista.


1       37,8°C em 17/10/2014

2       37,4°C em 2/10/2020

3       37,1°C em  30/09/2020 e 1/10/2020

4       37,0°C em  20/01/1999

5       36,7°C em  19/01/1999

6       36,7°C em  21/01/1999

7       36,6°C em  31/10/2012

 

Madrugada mais quente de 2020

Além do recorde de maior temperatura máxima para o ano de 2020, a capital paulista também teve a madrugada mais quente do ano nesta sexta-feira, 2 de outubro. De acordo com o INMET, a temperatura mínima registrada na estação meteorológica do Mirante de Santana foi de 24,6ºC

 

iStock-1166728645 (1)

Fonte: iStock

 

Temperatura despenca no fim de semana

Neste primeiro fim de semana de outubro, a passagem de uma frente fria causa queda brusca nas temperaturas sobre a faixa leste paulista. Na capital, a nebulosidade aumenta muito já no sábado, 3 de outubro, e tem previsão de chuva à tarde e a noite. A temperatura máxima deve baixar de 10°C a 12°C em relação aos 37°C destes últimos três dias.

 

No domingo, 4, o céu fica todo nublado e há possibilidade de chuviscos e chuva fraca em vários momentos. O calorão também irá tirar folga em áreas do litoral, Vale do Paraíba e sul paulista. No interior, o tempo vai continuar seco e quente. 

 

Leia também: São Paulo teve o setembro mais quente desde 1943

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

16°
min

26°
max

0mm / 0%