Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Capital paulista bate um novo recorde de frio

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Após a passagem de uma frente fria, uma massa de ar seco de origem polar predomina na maior parte do estado de São Paulo. Este sistema impede a formação das nuvens de chuva, por isso o ar fica mais seco. A falta de nebulosidade durante a madrugada e a presença dos ventos mais frios, fizeram a madrugada desta quinta-feira ser gelada em muitas regiões do estado.

 

Recorde de frio na cidade de São Paulo

A quinta-feira, 01 de abril, amanheceu fria em muitas cidades do estado de São Paulo. As mínimas ficaram em torno dos 15°C, ou até abaixo deste valor, em muitos municípios. A cidade de São Paulo registrou mínima de 16°C na estação automática do Mirante de Santana. Essa é a menor temperatura deste ano na cidade. O recorde anterior de 2021 era de 17°C (registrados nos dias 08/02 e 10/03).

 

SP_SãoPaulo_MarceloPinheiro_310321_sol

Foto por Marcelo Pinheiro, São Paulo/SP

 

Até o fim de semana esse ar mais seco vai predominar na maior parte do estado de São Paulo. Só há previsão de um pouco de chuva no litoral paulista neste período. Na Grande SP e nas demais áreas, por enquanto, o tempo segue firme e com predomínio de sol. As noites e madrugadas ainda ficam mais amenas, mas durante as tardes, esquenta aos poucos. Serão dias de grande amplitude térmica, principalmente no interior.

 

Veja aqui como ficam as temperaturas na capital paulista nos próximos dias

 

A umidade relativa do ar fica baixa durante as tardes em muitas cidades do interior paulista. Índices abaixo dos 40% devem ser registrados em muitas cidades do interior. No oeste e noroeste do estado, entre as regiões de Presidente Prudente e São José do Rio Preto, os índices podem ficar abaixo dos 30%.

 

 

 

+ mais notícias