Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Melhores ONGs 2021 terá premiação por cada estado do Brasil

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

por Angélica Queiroz/ O Mundo Que Queremos


O Prêmio Melhores ONGs acaba de anunciar uma novidade para a edição 2021: o destaque da melhor de cada estado. Além das 100 melhores do país, já são reconhecidos os destaques por região, por causa e a ONG do ano. Desde a edição de 2020, também são elencadas as dez melhores entre as de pequeno porte e a melhor de todas.

 

A quinta edição está com inscrições abertas até o próximo dia 19 de abril e a novidade quer servir como um incentivo para que mais organizações, de todos os estados, se inscrevam.

 

"Ter a melhor ONG de cada estado era um sonho desde a primeira edição e finalmente tivemos inscrições para que isso pudesse ocorrer", afirma Marcelo Estraviz, presidente do Instituto Doar, um dos organizadores do Prêmio. 

 

 

“Estamos cumprindo nossa missão de ajudar no desenvolvimento das organizações que cuidam das pessoas e da natureza em todo o território nacional”, diz Cássia Christe, diretora executiva do Mundo Que Queremos, também organizador do Prêmio. “Isso é importante para podermos chegar nas ONGs que atuam em cada canto do país, atendendo às demandas de cada comunidade.”

 


A cada ano, o Melhores se consolida e ajuda a levar mais credibilidade para todas as ONGs participantes. No ano passado, foram 670 organizações inscritas, número que já foi superado em 2021, mesmo antes do término das inscrições —  que foram prorrogadas até o dia 19 de abril por conta da antecipação de feriados e da restrição de circulação de pessoas, para que nada inviabilize a participação de cada vez mais organizações.

 

 

Prêmio Melhores ONGS 2021 tem inscrições abertas até 19 de abril

 


Promovido pela agência O Mundo Que Queremos e pelo Instituto Doar, em parceria com o Ambev Voa e a TV Futura, a premiação tem alcançado, desde seu lançamento, grande visibilidade. Ao longo das edições, continua crescendo, na medida em que se consolida como a principal referência em organizações filantrópicas no país. Como nos anos anteriores, as melhores serão selecionadas para a segunda fase após rigorosa análise de professores, pesquisadores, jornalistas e lideranças sociais.


Ainda não inscreveu a sua organização? Aproveite os últimos dias e faça isso agora.

 

 

+ mais notícias