Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Número de queimadas aumenta no Nordeste

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

2 min de leitura

Queimadas em MS no ano de 2020. Fonte: Fotos públicas/Governo de MS

 

A aproximação dos meses mais secos do ano infelizmente traz um grande alerta para áreas centrais do país, são as queimadas. Com a irregularidade da chuva e temperaturas ainda altas, a tendência é de elevação nos registros de fogo. O sertão nordestino e a Região Centro-Oeste, incluindo o Pantanal, devem ser as áreas mais atingidas.

 

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostra, em seus últimos dados, uma redução do número de queimadas nas regiões Centro-Oeste, Norte e Sul entre os meses de janeiro e abril quando comparados ao mesmo período do ano de 2020. É uma boa notícia, mas também temos que lembrar que a vegetação devastada no ano passado não se recuperou, ou seja, os números diminuíram mas a área nativa também.

 

queimadas-no-brasil (2)

 

E por outro lado, a Região Sudeste apresentou um leve aumento em seu número, já os registros do Nordeste que chamam bastante a atenção que tiveram aumento de mais de mil focos em relação ao ano passado. A chuva irregular e o excesso de calor desde o início do ano contribuíram para esses registros.

 

A tendência para o próximos meses é de elevação nos registros de fogo, dessa forma é possível que as regiões que registraram redução voltem a ultrapassar os focos de 2020.

 

No site da Climatempo você pode acompanhar o risco de fogo para todo o Brasil.

 

Leia mais sobre o assunto: Tempo seco e possibilidade de queimadas acendo o alerta

 

 

 

 

+ mais notícias