Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Frio chega com força e provoca geada no Sul

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Foto: Mycchel-Legnaghi - São Joaquim - SC

 

A frente fria que trouxe temporais no Rio Grande do Sul se afasta do Brasil e dá lugar ao frio por causa da presença de uma forte massa de ar de origem polar. O que irá chamar a atenção é a queda brusca nas temperaturas. Em apenas uma semana, o Sul do Brasil foi de temperaturas negativas (registradas na semana passada) para máximas de mais de 30°C, neste início de semana. E agora, as temperaturas voltam a despencar novamente. 

 

Observe a imagem de satélite do canal infravermelho da manhã da terça-feira, 04 de maio. Há uma grande área mais clara sobre a Argentina. As colorações mais claras indicam temperaturas mais baixas.

 

argentina

 

Frio

 

A quarta-feira (05) será marcada por temperaturas baixas, principalmente no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Mesmo com a frente fria se afastando, uma área de baixa pressão deixa o tempo fechado. Associado ao tempo instável os ventos frios do ar polar provocam queda da temperatura em várias cidades gaúchas, que devem registrar a menor temperatura máxima do ano. As previsões indicam máximas que não devem passar dos 15°C no Rio Grande do Sul e no sul de Santa Catarina. A temperatura cai também na capital Porto Alegre.

 

Com a entrada da massa de ar frio, a maioria das cidades do estado devem ter a máxima durante o período da manhã e as temperaturas entram em declínio no decorrer do dia, podendo chegar perto dos 10°C em alguns municípios. Na região serrana gaúcha e catarinense as temperaturas ficam ainda mais baixas. 

 

Sensação térmica


Com a grande disponibilidade de umidade e os ventos que podem passar dos 50km/h, a sensação térmica é de mais frio. Por que muitas vezes sentimos mais calor ou mais frio do que marca o termômetro?

 

Próximos dias

 

Na madrugada de quinta-feira, dia 6 de maio, o frio já é intenso e com o avanço da forte massa de ar polar, a temperatura diminui ainda mais na sexta-feira, dia 7, quando o centro do sistema de alta pressão, ou massa de ar frio já estará bem próximo do Rio Grande do Sul, como indicado abaixo.

 

 

O pico do frio deve ser na sexta-feira (07), quando as temperaturas mínimas ficam mais perto de 0°C com formação de geada nos três estados da Região Sul e, até mesmo, temperaturas negativas na serra catarinense. Curitiba, que teve máxima em torno dos 27°C no começo da semana, deve ter apenas 11°C na sexta-feira.

 

Na figura a seguir temos uma comparação entre a temperatura mínima prevista a quarta-feira (5) e os valores estimados para a sexta-feira (7). Verificamos que a previsão é de uma queda significativa.

 

arpolar1

 

 

Frente fria traz chuva forte para o RS, mas seca não acaba

 

Atenção para pontos de geada

 

O frio é intenso e a forte queda de temperatura vai provocar alguma geada já na madrugada de quinta-feira (6), embora na sexta-feira (7), com temperaturas ainda mais baixas e o frio intenso, as condições serão favoráveis a formação de geada em todo o interior do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e também no sul do Paraná.

 

geada1

 

No fim de semana a temperatura começa a subir, mas apesar da elevação da temperatura a previsão ainda indica dias bem frios.

 

Leia também: Frente fria traz vendaval à Florianópolis na quinta-feira

+ mais notícias