Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Até quando vai o frio?

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

A massa de ar polar que chegou ao Brasil derrubando a temperatura do Sul ao Norte do país já está enfraquecendo. Nas próximas madrugadas, aos poucos, o frio vai diminuindo no Sul, no Centro-Oeste e na parte do Norte atingida pela Friagem.


No Sudeste e no sul e sudoeste da Bahia, o frio até aumenta um pouco nas madrugadas dos próximos dias, com destaque para os trechos de serra destas áreas.

 

Possibilidade de recorde

As quatro capitais podem bater novos recordes de frio nos próximos dias. Confira os atuais recordes de 2021 no Sudeste:

 

São Paulo (SP) 13,9°C em 01 e 03 de maio de 2021
Rio de Janeiro (RJ) 15,7°C em 30 de abril e 03 de maio de 2021

Belo Horizonte (MG) 15,3°C em 01 de maio de 2021

Vitória (ES) 20,1°C em 11 de abril e 01 de maio de 2021

 

Confira as temperaturas previstas para os próximos dias clicando na cidade que deseja acima.

 

No entanto, apesar das noites e madrugadas frias, durante dia a tendência é de elevação nas temperaturas no Sudeste. A previsão é de calor no interior de São Paulo e no Triângulo Mineiro.


No Sul também faz frio durante as noites e madrugadas, porém a semana começa com temperaturas mais agradáveis no decorrer do dia e até esquenta um pouco no interior do Paraná.


No Centro-Oeste, a previsão é de dias quentes até o meio da semana. A semana começa com grande amplitude térmica.


No Norte, com o enfraquecimento da Friagem já no fim de semana, a temperatura subiu e não há previsão de nova queda significativa.


No Nordeste, depois de um fim  de semana fresquinho no sul e leste baiano, até com um pouco de frio, a temperatura volta a subir no decorrer da próxima semana.

 

Volta a esfriar

Uma nova frente fria vai avançar ao longo da semana pela costa do Brasil. Além da chuva, a tendência é de diminuição de temperatura novamente nas áreas do centro-sul do país.


Fique atento nas atualizações no site da Climatempo!

+ mais notícias