Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Ciclone extratropical se afasta, mas deixa mar agitado e ressaca

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Foto: imagem captada pelo satélite GOES 16 em 23/5/2021

4 min de leitura

O ciclone extratropical que se organizou no fim de semana entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai já está totalmente sobre o mar e no decorrer desta segunda-feira vai se afastando da América do Sul. Os ventos diminuem nesta segunda-feira. A ventania sobre o mar provocada pelo ciclone causou agitação marítima e elevou as ondas. Praias do Sul e do Sudeste podem ter ressaca nos próximos dias

 

Na animação de imagens das nuvens captadas pelo satélite GOES 16, a nebulosidade do ciclone extratropical pode ser vista como bandas de nuvens enroladas, formando um caracol sobre o mar, entre o litoral do Uruguai e do Rio Grande do Sul. A frente fria associada a este ciclone avança sobre a Região Sudeste, com muitas nuvens, mas pouca chuva.

 

ciclone-extra-afasta BR 23-24-5-2021

Ciclone extratropical é visto sobre o mar, entre o litoral do RS e do Uruguai, e se afasta em alto-mar

durante a segunda-feira, 24/5/2021

 

 

Previsão para segunda-feira, 24 de maio
 

Na segunda-feira, dia 24 de maio, com o ciclone se afastando do continente, a previsão é de que o vento diminua de intensidade no decorrer do dia. Porém, na madrugada e ao amanhecer, o vento ainda deve soprar com moderada a forte intensidade no sul e leste do Rio Grande do Sul e na região da Serra Catarinense e no Planalto de Santa Catarina, entre 60km/h e 80km/h. No leste de Santa Catarina e do Paraná as rajadas ficam em torno dos 50km/h.

 

Mar agitado


O ciclone extratropical provocou ventos forte sobre o oceano e deixou o mar agitado entre o Brasil e a província de Buenos Aires. As grandes ondas que se formaram com o vento viajam nos próximos dias e passam pela costa do Sul e do Sudeste do Brasil. Estas ondas grandes começaram a chegar no litoral do Rio Grande do Sul  já na tarde de domingo, 23 de maio.

 

 

Na segunda-feira, dia 24 de maio, as ondas aumentam de tamanho no litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Nas praias gaúchas e do sul catarinense, a ondulação do mar e de sul-sudoeste a sul, com ondas por volta de 2,5m de altura.

 

Há risco de ressaca entre o litoral do Rio Grande do Sul e sul de Santa Catarina.

 

No litoral do Paraná, de São Paulo e do Rio De Janeiro, o mar vai ficando agitado no decorrer da segunda-feira, 24, e as ondas vão crescendo, chegando a marcas entre 1,5 e 2,0 m até a noite.

 

Na madrugada e manhã do dia 25 de maio, terça-feira, o mar continua agitado e há risco ressaca nas praias de São Paulo e do Rio de Janeiro, com ondas de até 2,5 m

O mar fica agitado no decorrer deste dia no litoral sul do Espírito Santo, com ondas de até 1,5 m.

 

As grandes ondas vão se afastando da costa do Sul e do Sudeste no decorrer da quarta-feira, 26 de maio, e o risco de alguma ressaca já é baixo

 

+ mais notícias