Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Ciclone na Região Sul: Há chance de ser um ciclone bomba?

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura


Primeiramente, é importante entender o que é um ciclone. Na meteorologia, o termo "ciclone" é utilizado quando há uma região de baixa pressão e que, no Hemisfério Sul, os ventos giram no sentido horário por conta da rotação da Terra, e jogam o ar de baixo para cima, formando as nuvens de chuva. Se o ciclone for forte, a chuva e os ventos provocados por ele, acabam sendo mais fortes.

 

Saiba com detalhes o que é um ciclone tropical, subtropical e extratropical


Pressão

Assim como no dia a dia, a meteorologia usa a pressão para descrever algumas coisas que acontecem na atmosfera. Quando você vai ao posto de gasolina para calibrar o pneu do seu veículo, você está usando a unidade "psi" (psia). Na meteorologia usa-se outras duas unidade: hPA (hectopascal) e mb (milibares) que são equivalentes.


E o que é ciclone bomba?

O termo "ciclone bomba" ganhou mais destaque no Brasil quando um ciclone bomba atingiu a Região Sul, no começo de julho de 2020, mas é um termo que é usado há mais tempo nos Estados Unidos. A palavra "bomba" representa que a pressão deste ciclone cai rapidamente, ou seja, o sistema se fortalece muito rápido, provocando ventos ainda mais fortes. Algumas literaturas da meteorologia apontam que a pressão deve cair pelo menos 24hPa em até 24 horas. Em outros estudos, no entanto, existe também um complexo calculo matemático que usa a latitude do sistema para caracterizar como ciclone bomba, mesmo sem cair 24hPa em 24 horas. 

 


Este é um ciclone bomba?

Os modelos atmosféricos divergem um pouco sobre a queda da pressão deste ciclone. Desta forma, este ciclone não entra na categoria de "ciclone bomba",  pois a sua pressão não cai rápido o suficiente. De qualquer forma, vale ressaltar que é um ciclone extratropical forte que vai provocar ventos de até 100km/h entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, grandes acumulados de chuva, queda de granizo e com grande potencial para diversos transtornos.

 

Confira a previsão completa e os efeitos deste ciclone aqui

 

+ mais notícias