Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Conheça os vencedores da maratona de ideação para o Cerrado

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Foto: iStock

4 min de leitura

Foto: iStock

 

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza anunciou nesta quinta-feira (7) os vencedores do Conservathon, maratona de ideação que mobilizou cerca de 500 pessoas, de 196 municípios e 24 estados, com o objetivo de propor soluções inovadoras para a conservação da natureza e o desenvolvimento do Cerrado.

 

“Reunimos muitas pessoas com ideias altamente criativas e inovadoras. O Conservathon atraiu pessoas de diferentes áreas do conhecimento e esse olhar múltiplo contribui com o desenvolvimento de soluções mais eficientes e abrangentes,” afirma a gerente de Ciência e Conservação da Natureza da Fundação Grupo Boticário, Marion Silva.

 


A solução vencedora da maratona foi Conexão Cerrado, que propõe a criação de um equipamento que facilita a retirada da polpa do baru, agregando valor à cadeia produtiva do produto. A solução irá ajudar as cooperativas e produtores locais a evitar o desperdício dessa parte do fruto, além de auxiliar no processo de retirada da castanha.

 

O segundo colocado do Conservathon foi o Oxóssi, um sistema de monitoramento ambiental inteligente e de baixo custo. Uma das maiores dificuldades na prevenção e no combate aos incêndios é a velocidade com que o fogo se propaga e a demora para que focos iniciais de incêndio sejam notificados. A solução visa coletar e analisar dados em tempo real, aferindo informações como temperatura, umidade do ar e incidência de fumaça, e possibilitando descobrir focos de incêndio em áreas naturais de forma mais rápida para que sejam controlados e combatidos de modo mais eficiente.

 

Por fim, a terceira solução selecionada foi a Ecobertor, uma ecomanta com sementes nativas do Cerrado, produzida a partir da palhada de capim. O instrumento poderá ser usado na revegetação de solos degradados, contribuindo com o estabelecimento de espécies nativas no terreno. A solução ajuda a conter as sementes, diminui o impacto das gotas de chuva no solo e a incidência direta da luz solar. Em consequência, a biomanta de capim nativo favorece a manutenção da umidade no solo melhorando as condições para germinação.

 

As três iniciativas receberão, respectivamente, os prêmios de R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 2 mil.

 

Conservathon: conheça as soluções premiadas para o Cerrado

 


A maratona

 

Ao longo de três dias de evento, os participantes trabalharam na construção de soluções que contribuíssem para tornar a prevenção e o combate aos incêndios mais eficientes, reduzindo impactos à fauna, e agregar valor às cadeias dos produtos nativos do Cerrado. O Conservathon reuniu mentes criativas e com espírito transformador, incluindo profissionais das áreas de negócios, administração, agronomia, arquitetura, comunicação, nutrição, design/UX, desenvolvimento, engenharia, finanças, tecnologia, professores, estudantes, moradores e empreendedores da região.

 

 

Fonte: Tamer Comunicação/Fundação Grupo Boticário

+ mais notícias