Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Verão 2022 - previsão para todas as Regiões do Brasil

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

O verão no Hemisfério Sul se inicia às 12h59 de 21/12/2021 e se estende até às12h33 de 20/3/2022. O fenômeno La Niña vai influenciar todo o verão no Brasil.

 

 

Confira a previsão da Climatempo para o verão 2022, para cada Região do país

 

 

Região Sul

 

 

 

Região Sudeste

 

 

 

Região Centro-Oeste

 

 

 

Região Norte

 

 

 

Região Nordeste

 

 

 

 

Alguns impactos do La Niña no verão

 

O La Niña terá impactos negativos sobre a chuva das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, reduzindo a quantidade de chuva durante a estação. As regiões Norte e Nordeste serão as mais beneficiada  com o La Niña, pois o fenômeno aumenta a chuva nestas Regiões.

 

 

Impactos do La Niña no Brasil no verão 2022

 

 

- facilita a passagem das frentes frias pelo Sul e pelo Sudeste do Brasil

 

- as massas de ar frio de origem polar podem chegar ao Brasil mais fortes do que o normal, para os padrões do verão. Isso faz com que o vento frio dessas massas de ar também chegue mais forte a São Paulo, causando quedas bruscas de temperatura.

 

- as massas frias também têm o poder de deixar a atmosfera mais seca. Com menos umidade no ar, fica mais difícil a formação das grandes nuvens que provocam a chuva.


- o fenômeno La Niña faz com que a circulação dos ventos sobre o país concentre mais ar úmido no centro-norte do Brasil.  Esse é um dos motivos pelos quais vamos ter menos chuva do que o normal no centro-sul do país no verão 2022.

 

 O verão terá calor, mas não será um calor fora do comum. A sequência de dias quentes será interrompida com frequência pela passagem das frentes frias e a entrada de ar frio de origem polar.

 

 

Zona de Convergência do Atlântico Sul

 

Um dos  mas importantes sistemas meteorológicos que atuam no verão sobre o Brasil é a ZCAS - Zona de Convergência do Atlântico Sul. Esse sistema é responsável por dias consecutivos de muita chuva, que é a chuva boa para encher reservatórios, tanto para abastecimento de água para as populações como para refazer os reservatórios das hidrelétricas.


Só que por causa do fenômeno La Niña, as grandes áreas de nuvens de chuva associadas com as ZCAS costumam se formar na parte norte da Região Sudeste do Brasil e do Centro-Oeste, atingindo também áreas do Nordeste

+ mais notícias