Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Chuva ainda é motivo de preocupação na Bahia

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Oferecido por

Foto: IStock

 

A Bahia já registra chuva volumosa há muitos dias. Na primeira quinzena do mês de dezembro, os volumes de chuva que foram acumulados em um curto período de tempo, chamaram bastante atenção. Várias cidades entraram em situação de emergência, de acordo com a Defesa Civil e o número de desabrigados e desalojados crescia cada vez mais. 

 

Desse dia em diante, vários sistemas meteorológicos contribuíram para a formação de mais nuvens carregadas sobre a Bahia, o que aumentou ainda mais a preocupação da população. Neste fim de ano, a Zona de Convergência do Atlântico Sul(ZCAS) favoreceu uma grande quantidade de chuva no estado. Desde a tarde da última sexta-feira(24) até a tarde deste domingo, várias cidades já registraram de 150 a 200mm.

 

Transtornos

A chuva já provocou rompimento de duas barragens neste fim de semana e houve até registro de uma vítima. Com toda essa chuva, de acordo com o governador da Bahia, Rui Costa, já são cerca de 37 cidades debaixo d'água. 

 

Expectativa

Ainda neste domingo e também na segunda-feira (27), o tempo segue instável, com condições para chuva frequente, por vezes forte, e que eleva ainda mais os acumulados (especialmente no litoral, sul e centro-oeste do estado). 

 

A Climatempo alerta para o risco de novas enchentes, transbordamentos de rios e córregos, alagamentos e deslizamentos de terra.

 

 

A ZCAS tende a se desconfigurar ao longo da segunda-feira(27), mas muitas instabilidades ainda vão atuar no estado. Por isso, há expectativa para pancadas fortes de chuva nos próximos dias, principalmente no sul e oeste do estado. O litoral também terá chuva forte neste início de semana.

 

A quantidade de chuva vai diminuir no decorrer da semana, comparando com a chuvarada que já caiu, o que é uma boa notícia. No entanto, como o solo está muito encharcado e muitas cidades ainda estão debaixo d'água, é importante permanecer atento.

 

 

Conteúdo em Vídeo

Notícias Recomendadas

+ mais notícias