Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Cantareira tem alta de 7% em relação ao final de 2021

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Foto: Sistema Cantareira (iStock)

3 min de leitura

Foto: IStock

 

O Sistema Cantareira não está em sua melhor fase, devido aos baixos volumes de água armazenados. No momento, o sistema opera em restrição, com valores abaixo dos 30%. Mesmo assim, há uma boa notícia em relação ao fim do ano passado. A chuva que acontece de forma frequente e com altos acumulados desde o início de 2022, tem ajudado a elevar o volume operacional dos mananciais.

 

Cantareira em elevação neste mês de janeiro

A chuva da primeira semana de janeiro fez o Cantareira subir: em apenas 7 dias choveu 95mm, o que representa mais da metade do que choveu durante todo o mês de dezembro de 2021, que acumulou 136,6 mm, segundo a Sabesp.

 

No dia 7 de janeiro de 2022, o Cantareira estava com 26,7% de armazenamento, ou seja, 7% acima da marca de 31 de dezembro 2021 que era de 24,9%. A média histórica para o mês é de 263,7mm.

 

Vale lembrar que, no ano passado, neste mesmo período, o Cantareira operava com 37%. Comparando, até o momento, o volume está cerca de 10% mais baixo em relação ao dia 7 de janeiro de 2021. 

 

Tendência de chuva

O começo do mês já foi marcado por bons volumes de chuva na região e a tendência é que ainda chova cerca de 200mm até o fim de janeiro, sendo grande parte deste valor acumulado na segunda dezena do mês.

 

Somando os 95mm já acumulados e a chuva ainda prevista, a tendência é que o mês de janeiro encerre com chuva um pouco acima da média no Cantareira

 

+ mais notícias