Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Chuva volumosa provoca transtornos no Espírito Santo

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

IStock chuva tempestade temporal alagamento

3 min de leitura

Foto: IStock

 

A Zona de Convergência do Atlântico Sul(ZCAS) segue atuando sobre o Brasil, provocando muita chuva em áreas do Sudeste, Centro-Oeste e Norte do país. A tendência é que o sistema já perca sua configuração ao longo da segunda-feira(10), mas as instabilidades ainda vão continuar ativas em grande parte do país nos próximos dias.

 

Chuva já passa dos 100 em cidades do Espírito Santo

O Espírito Santo recebeu muita chuva já neste fim de semana. Vários municípios acumularam de 70 a 100mm em um período de 24h, contado entre 12h40 de 08/01/2022 e 12h40 de 09/01/2022. Confira alguns dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais(Cemaden):

 

Ibatiba 123,6mm

Aracruz 100,5mm

Linhares 94.8mm

Venda Nova do Imigrante 90,4mm

Anchieta 86mm

Catelo 84,4mm

Iúna 82mm

Afonso Cláudio 80,6mm

 

Chuva volumosa provoca transtornos

A chuvarada trouxe transtornos ao estado. Além dos alagamentos e até interdição de rodovias, de acordo com boletim divulgado neste domingo(9) pela Defesa Civil do Estado, 27 pessoas estão desalojadas e quatro desabrigadas no interior. A situação é bastante preocupante na região.

 

 

download (50)

 

O domingo ainda segue com tempo fechado e chuvoso no Espírito Santo. A chuva continua frequente e com potencial para acumular volumes elevados de chuva até o fim do dia. 

 

Chuva tende a enfraquecer

Ao longo da segunda-feira, 10 de janeiro, a Zona de Convergência do Atlântico Sul tende a perder sua configuração, com isso a chuva sobre o Espírito Santo tende a diminuir. Ainda chove principalmente nas áreas do sul e região serrana, mas com volumes mais baixos e com a presença do sol mais forte.

 

A segunda-feira ainda é um dia de atenção no estado, pois a chuva ainda pode acontecer em vários momentos com moderada a forte intensidade, com raios e rajadas de vento de até 45km/h. A partir de terça, a chuva já fica mais isolada. Da quarta-feira em diante, boa parte do estado volta a ficar sem chuva, inclusive a capital Vitória.

 

ATENÇÃO

Porém, mesmo com a diminuição da chuva, como o solo já está saturado e ainda chove forte neste início de semana, a Climatempo ainda não descarta outros transtornos no estado, especialmente no interior. Há riscos de novos alagamentos, transbordamentos de rios e córregos e deslizamentos de encostas nas cidades que estão nas áreas de risco.

 

 

+ mais notícias