Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

São Paulo teve janeiro mais chuvoso desde 2017

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Foto: São Paulo (SP), por Marcelo Pinheiro

2 min de leitura

Foto: São Paulo (SP), por Marcelo Pinheiro

 

O balanço meteorológico de janeiro de 2022 em São Paulo, feito pelo Instituto Nacional de Meteorologia, Inmet, concluiu que a chuva de janeiro ficou 30 % acima da Climatologia e a média das temperaturas ficou ligeiramente acima.

 

 

Janeiro mais chuvoso desde 2017


Durante o mês de janeiro de 2022, a cidade de São Paulo recebeu 378,6 mm de precipitação, no local onde se localiza a estação automática do Inmet, no Mirante de Santana, na zona norte da capital. O valor superou em 90 mm a média de referência para janeiro, que é de 288 mm, para o período de 1981 a 2010.  Janeiro de 2022 teve 31% de chuva acima da média. Na estação convencional o acumulado foi de 382,2 mm 


São Paulo teve o janeiro mais chuvoso desde de 2017, quando se mediu 485,8 mm na mesma estação. Considerando a série mista das estações localizadas no Mirante de Santana, o recorde para janeiro, em oitenta anos de série histórica mista, é de 493,7 em 2011.

 

 

Extremos janeiro de 2022 em São Paulo

 

- maior volume de chuva em 24 h: 66,4 mm, entre 9h do dia 29 e 9h do dia 30;

 

- número de dias com precipitação igual ou acima de 1,0 mm: 23 dias, 5 dias acima da 
da climatologia, que é de 18 dias;


- média das temperaturas máximas: 28,5 °C, ligeiramente acima da normal climatológica que é de 28,2 °C.

 

- maior temperatura do mês: 33,8 °C no dia 23/1/22 (recorde do ano até agora);

 

- média das temperaturas mínimas: 19,6 °C, valor que ficou 0,3 °C
acima da normal climatológica que é de 19,3 °C

 

- menor temperatura do mês: 16,3 °C, no dia 10/1/22 (recorde do ano até agora).

- maior rajada de vento: 16,2 m/s (66 km/h), na tarde do dia 19/1/22

+ mais notícias