Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

São Paulo fica ainda mais quente nesta terça

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

A segunda-feira, 7 de março,  foi o décimo sexto dia consecutivo com temperatura máxima igual ou acima de 30°C na cidade de São Paulo.  A sequência das medidas feitas na estação meteorológica automática do Mirante de Santana, na zona norte da capital paulista, é considerada desde o dia 20/2/2022. A média da temperatura máxima de 20/2/22 a 7/3/22 foi de 32°C.

 

Neste período, a maior temperatura registrada pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) foi de 33,1°C no dia 3 de março. A menor temperatura foi de 30,6°C, em 20 de fevereiro.

 

 

Temperaturas máximas em São Paulo entre 20/2/22 e 7/3/22 (Inmet)

 

 

Possibilidade de recorde de calor

A previsão é que a temperatura máxima se mantenha acima dos 30°C até a sexta-feira, 11 de março. Se isto de fato ocorrer, São Paulo completará 20 dias consecutivos com temperatura máxima igual ou acima dos 30°C. 

 

Para esta terça-feira, 8 de março, a previsão é de que o ar esquente ainda. São Paulo poderá estabelecer um novo recorde de calor para o ano de 2022 e para o verão 21/22, que começou em 21/12/2021. O recorde atual de calor para 2022 e para o verão é de 33,8°C, em 23/1/2022.

 

 

Foto: São Paulo (SP), por Fabio Faiotto

 

 

3 novos filmes para pensar a crise climática (e as saídas para ela)

 

 

Que calor é esse?

O calor acima do normal é explicado pela ausência prolongada de frentes frias com força para trazer o ar frio de origem polar até  São Paulo. Frentes frias têm passado pelo Sul do Brasil, mas as massas frias estão sendo fracas e empurradas para alto-mar sem conseguir chegar ao Sudeste o Brasil

 

As fortes pancadas de chuva que caíram sobre São Paulo nos últimos dias causaram muitos transtornos e fizeram a temperatura baixar mas só na hora da chuva. No dia seguinte, o calorão estava de volta. É a presença do ar frio de origem polar que  refresca o ar por um período maior. 

 

Tente esfriar um chá quente numa xícara. Quando você sopra o líquido  ocorre um ligeiro alívio da quentura, mas apenas superficial. Mas se você puser algumas pedras de gelo dentro do chá quente, aí a temperatura do líquido cai rapidamente. O ar frio de origem polar é como as pedras de gelo!

 

 

Como o calor e o frio extremos afetam o corpo humano?

 

 

Frente fria à vista

 

A sequência de dias quentes deve ser interrompida por uma frente fria prevista para chegar ao litoral paulista no dia 11 de março. O efeito da frente fria só será sentido no próximo fim de semana, quando o ar frio de origem polar conseguir se misturar ao ar quente que está sobre a cidade fazendo a temperatura baixar dos 30°C. 

 

 

Temporais

excesso de calor estimula a formação das nuvens carregadas, que vão provocar mais temporais sobre a Grande São Paulo até o fim da semana. A chegada da nova frente fria na sexta-feira, 11, vai aumentar o risco de temporais.

+ mais notícias