Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Tempo seco e umidade do solo baixa nas lavouras de SP e MS

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Um bloqueio atmosférico manteve a chuva forte sobre a Região Sul, especialmente o
centro, oeste e sul do Rio Grande do Sul. Em Quaraí-RS, o acumulado de sete dias
passou dos 160mm. 74% das áreas de soja do Rio Grande do Sul ainda estão em
fase reprodutiva e a chuva pode diminuir o tamanho das perdas projetadas até o
momento por conta da estiagem.

 

No Sudeste e em Mato Grosso do Sul, por outro lado, parou de chover de forma abrangente. Já são 20 dias com tempo seco e a umidade do solo diminui cada vez mais especialmente em São Paulo e em Mato Grosso do Sul. De acordo com a Conab, metade do milho de Mato Grosso do Sul e pouco mais de 30% do milho de São Paulo foram instalados, mas a baixa umidade do solo dificulta a aceleração da atividade, sem contar com o prejuízo no desenvolvimento inicial do cereal. Isso também vale para a cana de açúcar, com plantio mais lento e desenvolvimento prejudicado nos dois Estados.


No Nordeste, choveu intensamente sobre todos os Estados da Região com destaque
para a Península de Maraú com 180mm em uma semana. No leste do Nordeste,
estamos diante do início do período das águas e desenvolvimento da cana de açúcar.
Em breve, também teremos instalação de soja, milho e feijão no SEALBA com
condições favoráveis de desenvolvimento.

 

A chuva também foi intensa no Norte e em Mato Grosso e apesar disso, o plantio do milho está praticamente encerrado em Mato Grosso com quase 95% das áreas instaladas, de acordo com o Imea. A colheita da soja também segue com mesmo ritmo com 90% das áreas colhidas no Estado.

 

Tendência do Clima 

 

Ainda há previsão de chuva forte sobre a Região Sul, além do Paraguai, Argentina e Uruguai nesta semana. A simulação GFS indica mais de 150mm no Vale do Itajaí, Serra Catarinense e no litoral de Santa Catarina. Além do elevado acumulado de chuva, há previsão de ventos fortes e aumento da agitação marítima.

 

Já a simulação WRF indica acumulado acima dos 150mm em Santa Vitoria do Palmar-RS em apenas cinco dias. O fato é que tempestades alcançarão uma boa parte da Região nos próximos dias. Por um lado, áreas de soja, arroz, feijão e milho em desenvolvimento serão beneficiadas pelas precipitações, mas a colheita avançará mais lentamente.

 

Fonte: Istock

 

 

 

Como monitorar uma safra e monitorar sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

AgroclimaPRO é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

 

Faça parte da maior comunidade AGRO! O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte!

+ mais notícias