Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Rio de Janeiro fecha verão com chance de recorde de calor

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Frente fria vira o tempo no Rio De Janeiro no fim de semana. Cariocas e fluminenses devem ficar atentos para forte queda da temperatura e chuva forte. Petrópolis também pode ter muita chuva.

 

Foto: Rio de Janeiro (RJ), Getty Imagens

 

 

RJ muito quente

O estado do Rio Janeiro foi o local mais quente do Brasil na última quinta-feira do verão, 17 de março. Nesta sexta-feira, 18, esta situação pode se repetir e a cidade do Rio de Janeiro deve ser novamente a capital mais quente do país.

 

Ainda não há previsão de chuva para o Rio hoje. A chuva voltará no fim de semana com a chegada de uma frente fria, forte, que pode provocar temporais no estado do Rio de Janeiro durante o domingo, 20 de março, primeiro dia do outono de 2022

 

 

Outono começa com virada no tempo


Uma grande mudança no tempo está prevista para este fim de semana no estado do Rio de Janeiro. É uma frente fria forte que finalmente vai conseguir chegar ao litoral fluminense estimulando temporais e derrubando a temperatura.

 

Mas antes desta frente fria mudar o tempo no estado do Rio de Janeiro, a capital fluminense terá muito calor. A Climatempo prevê 39°C para esta sexta e também para o sábado, 19 de março.

 

O recorde atual de calor na cidade do Rio de Janeiro é de 39,9°C, em 27/1/2022


Calor demais na primeira quinzena de março 


Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia, a cidade do Rio teve apenas 1 dia com precipitação mensurável nos 17 dias de março. Em 17 dias, 15 foram com temperatura máxima acima ou igual a 35°C, considerando as temperaturas medidas na estação da Vila Militar, na zona oeste.

 

Em fevereiro choveu em 15 dos 28 dias do mês, com total de 98,4mm acumulados neste local

Em janeiro choveu em 15 dos 31 dias e o mês fechou com 103,8 mm, também na Vila Militar

 

Por que não tem chovido em março?

 

A falta de chuva na cidade do Rio, e no estado do Rio de Janeiro de forma geral,  em março é explicada por uma situação de bloqueio atmosférico que se instalou sobre o Brasil, fazendo com que as frentes frias fossem desviadas para  alto-mar antes de chegar ao Rio de Janeiro.

 

Este bloqueio tecnicamente é causado por um sistema meteorológico chamado de Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS). É um sistema meteorológico que faz parte da circulação geral da atmosfera. Esta alta pressão sempre existe e pode ficar mais ou menos próxima do Brasil. Quando o sistema atua mais próximo do país, causa uma circulação de ventos que impede a chegada das frentes frias. Sem as frentes frias fica mais  difícil chover.

 

São as frentes frias que trazem o vento fresco de origem polar, que se mistura com o ar quente e faz a temperatura baixar.

 

Mas esta alta pressão tem outro efeito muito importante: ela deixa o ar mais seco do que o normal e a redução da disponibilidade de umidade inibe o crescimento das grandes nuvens de chuva.

 

 

+ mais notícias