Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Tempestade severas e ventania no Sul do país

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

 

 

Mudanças no tempo na Região Sul: intensa frente fria avança rapidamente nesta quarta-feira (30).

 

A previsão é de tempestades severas, com muitos temporais, granizo e rajadas de vento pelos três estados. Na madrugada, risco maior para o RS, chuva forte com trovoadas atinge áreas da fronteira sul, Campanha Gaúcha e região de Uruguaiana. 

 

 

Durante o período matutino, a chuva ganha força nas áreas centrais do RS, como na região de Santa Maria, oeste, noroeste, norte e avança para a Região Metropolitana de Porto Alegre e a Serra Gaúcha. A frente fria também aumenta os temporais no final da manhã em SC e no sudoeste do PR, como na região de Foz do Iguaçu.

 

 

Foto: gettyimages

 

Essas tempestades seguirão ao longo de todo o dia e acompanhadas de chuva intensa, com grandes volumes acumulados, muitos raios, chances isoladas para queda de granizo e ventos fortes (rajadas entre 60 e 90 km/h), mas pontualmente não se descarta o risco de chegar próximo dos 100 km/h.

 

Atenção: Por conta desta severa frente fria, há  condições de frente de rajada pelos estados nos três estados. O mar começa a ficar agitado, com ondas de até 2 metros de altura.

 

Maiores volumes de chuva previstos no Rio Grande do Sul 


São Pedro do Sul-RS: 60mm
São Luiz Gonzaga-RS: 60mm
Santiago-RS: 60mm
Santa Bárbara do Sul-RS: 60mm

Porto Alegre-RS: 40 mm

 

 

Risco de alagamentos na costa e ressaca

 

Com o aumento da chuva e do nível do mar, atenção para alagamentos costeiros entre a Grande Florianópolis e Litoral Sul e condição moderada para o Litoral Norte catarinense. No Rio Grande do Sul, há risco de ressaca, alagamentos e transtornos associados aos ventos fortes. 

 

Durante a noite, o tempo já volta a ficar estável na metade sul do RS, mas ainda chove sobre as demais áreas da região.  

 

Queda acentuada das temperaturas a partir da noite de quarta


Já na noite de quarta-feira (30), os ventos começam a soprar do quadrante sul e a temperatura diminui. Por isso, os municípios da fronteira do RS com o Uruguai podem registrar suas menores temperaturas do dia no período da noite. 


Frio ganha força na quinta-feira 

 

Após a passagem da frente fria pela Região Sul, uma massa de ar polar, frio e seco,  avança sobre toda a Região Sul.  O centro desta massa de ar frio se desloca pelo interior do continente, entre a Argentina e o Uruguai e nesta situação, o ar frio chega com mais força ao Sul do Brasil.

 

Por conta dessa massa de ar polar, os ventos passam a soprar do quadrante sul e são ventos frios. A temperatura despenca na quinta, sobretudo no Rio Grande do Sul. A manhã de quinta-feira será gelada com risco de geada na Campanha Gaúcha. No centro, oeste e norte do estado gaúcho, tempo fica muito frio pela manhã e mesmo com a volta do sol, a temperatura máxima sobe muito lentamente durante a tarde. A sensação será de frio o dia todo.

 

Ventos fortes e agitação marítima


Durante a quinta-feira, 31, os ventos ficam fortes nas áreas costeiras da Região Sul, com rajadas em torno de 65 km/h no litoral gaúcho e de até 75 km/h no litoral e leste de Santa Catarina e do Paraná.

 

Atenção ao mar agitado em todo o litoral da Região Sul durante todo o dia, com ondas de até 2,5 metros de altura.  

 

Geada atinge a Serra Catarinense e Gaúcha nesta sexta-feira


A sexta-feira, 1 de abril, será um dos dias mais frios do ano na Região Sul até o momento. A massa de ar seco de origem polar continua influenciando o tempo e as temperaturas caem ainda mais pela manhã, faz frio em toda Região Sul. 

 

Nos Campos de Cima da Serra e na Serra Catarinense, há risco para formação de geada nas primeiras horas do dia. Nas áreas do centro-sul gaúcho e sudoeste do Paraná, condições para nevoeiro pela manhã. 


O frio continua no final de semana, principalmente pela manhã, mas as tardes tendem a ser mais quentes, especialmente no Rio Grande do Sul. 

+ mais notícias