Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

O que você sabe sobre o estado nutricional dos solos cafeeiros

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Na Região das Matas de Minas a cafeicultura é predominantemente de base familiar, com aproximadamente 275 mil hectares de lavouras, distribuídos em cerca de 51 mil propriedades, das quais mais ou menos 41 mil são pequenas propriedades rurais, com menos de 20 hectares.

 

Foto: Istock

 

Nesse contexto, os pequenos produtores, pelas próprias características de produção, geralmente possuem recursos financeiros escassos para investir na lavoura. Assim, tendo em vista o alto custo dos fertilizantes, é fundamental que esses insumos sejam aplicados de forma eficiente para que sejam otimizados.

 

Para tanto, como o cafeeiro demanda grande quantidade de nutrientes, para garantir alta produtividade nas lavouras, deve ser dada mais atenção à fertilidade, com a correta aplicação de corretivos e fertilizantes, a nutrição adequada pode também favorecer a mais resistência das plantas à ocorrência de pragas e doenças, assim como possibilitar a produção de cafés de melhor qualidade, que atenda aos diferentes mercados de consumidores cada vez mais exigentes.

 

A fim de conferir mais eficiência na absorção e uso de nutrientes torna-se necessário determinar corretamente a fase de desenvolvimento da planta, uma vez que cada uma delas apresenta exigências nutricionais distintas, assim como o tipo de nutriente com a respectiva quantidade a ser aplicado. Obviamente, com o emprego do manejo adequado da adubação é possível alcançar maior produtividade com o menor custo de produção.

 

Com esses objetivos, para orientar os produtores a alcançar o potencial máximo produtivo em suas lavouras, a Embrapa Café, na coordenação do Consórcio Pesquisa Café, está lançando sua décima quarta publicação, da série Embrapa Documentos, intitulada “Estado nutricional dos solos e cafeeiros da região das Matas de Minas”. 

Leia o documento na íntegra na página da Embrapa Café e do Observatório do Café e do Consórcio Pesquisa Café. 

 

Como monitorar uma safra e sua fazenda?

 

Otimizar o plantio, ficar de olho no Clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que você produtor rural precisa tomar durante a safra. 

 

AgroclimaPRO é um serviço de tecnologia da Climatempo que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele você pode acessar o histórico de dados de Clima para sua fazenda e pode detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, você fica sabendo como será a demanda hídrica da sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda consegue identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações. 

 

Faça parte da maior comunidade AGRO! O canal oficial da Climatempo no Telegram fornece conteúdos diários e exclusivos sobre o Clima e previsão para a agricultura. Quero fazer parte!

+ mais notícias