Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Após uma semana de temporais, sol está de volta na África do Sul

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

 

Uma depressão subtropical Issa causou chuvas intensas e mortes na África do Sul, com mais de 300 mm em 24 horas, no início da semana passada, precisamente 307 mm em 24 horas da segunda-feira (11) em Durban, cidade ao sudeste da África do Sul. Este foi o maior volume de chuva desde que se iniciou as medições nas estações da cidade, há 62 anos. Esses 307 mm ultrapassa o mais alto volume em 24 horas que tinha sido registrado, em 2019, segundo dados da SAWS (South African Weather Service).

 

Em dois dias, a cidade recebeu 450 mm de chuva , sendo que a chuva anual na cidade é de 1009 mm, ou seja, quase a metade do que chove durante o ano inteiro!

 

750x553_9610fdf65dc08dce8a24bb93e65758ce

Foto: GettyImages

 

Depois da depressão subtropical (que atuou até o dia 13/04), no sul e sudeste da África do Sul, os dias que se seguiram teve a influência da umidade constante que veio do mar, uma frente fria na costa, e uma baixa pressão atmosférica no Oceano Índico, entre Madagascar e o continente africano.


Segundo dados da NOAA, foram entre 300 e 500 mm de chuva entre os dias 10 e 16 de abril no sul da África do Sul. 

 

Ressalta-se que na África do Sul também sente os efeitos do fenômeno climático La Nina, que costuma causar sim chuvas acima do normal no país. Vale lembrar que em janeiro de 2022, muitas partes da África do Sul experimentaram as chuvas mais fortes desde que começaram as medições, em 1921. 

 

Infelizmente, esses altos volumes de chuva provocaram destruições, enchentes, inundações e deslizamentos de terra, afetando casas e vilarejos, comprometeram a distribuição de água e luz e fez quase 450 óbitos e muitos desaparecidos na África do Sul, de acordo com a imprensa local. 

 

Chuva diminui a partir desta terça-feira (19)


Os modelos meteorológicos já diminuem o perigo para novas tempestades nas áreas mais afetadas durante essa semana. Não há  previsão de chuva a partir da tarde de terça-feira (19) em Durban e áreas do sul do estado, a condição de tempo firme deve prevalecer até o sábado (23). A frente fria já atua mais a norte, atinge o sul de Moçambique e Suazilândia.

 

AFR_pentadaprec_1

 

Uma nova frente fria está prevista para avançar no domingo (24) na região de Durban, com novos temporais e acumulados altos de chuva. 

 

+ mais notícias