Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Brasil puxa desempenho de energia solar na América Latina

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

2 min de leitura

A América Latina registrou um crescimento de 44% no desempenho em energia solar fotovoltaica, especialmente pela contribuição de Brasil e Chile, de acordo com o Global Market Outlook for Solar Power 2022-2026, relatório de referência sobre os avanços e projeções desse mercado.


Destaque no documento emitido pela Solar Power Europe, associação sediada em Bruxelas que reúne mais de 260 organizações do setor, o Brasil tem potencial para alcançar os 54 GW de capacidade solar até 2026, segundo projeções apresentadas pela publicação.

 

A marca global histórica de 1 TW foi ultrapassada há alguns dias. Fonte: Pixabay


A marca global histórica de 1 TW foi ultrapassada há alguns dias, revelando um salto significativo em comparação aos 2 GW registrados 20 anos atrás. Entre 2002 e 2018, a fonte de energia chegou a 500 GW, dobrando de volume em apenas três anos.


Hoje a geração de energia solar corresponde a um terço da energia renovável global em capacidade instalada. A projeção feita pelo relatório aponta ainda que, se o mercado crescer como esperado, a capacidade mundial deverá voltar a dobrar em 2025.

+ mais notícias