Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Neve no Chile, ventos e mar agitado na Argentina e Uruguai

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

5 min de leitura

A mesma massa de ar polar que é muito fria e seca também predomina no sul da América do Sul, trazendo temperaturas negativas e ocorrência de geadas sobre nossos vizinhos, como Uruguai, Argentina, Paraguai e Chile. 

 

ARG_tmin_dia


De acordo com os dados de aeroportos, La Paz, Bolívia registrou -8°C na manhã de segunda-feira (13). Em San Carlos Baril, Argentina, fez -3°C; em Durazno, Uruguai, -1°C. Já Buenos Aires começou a segunda com 5°C, e Montevidéu  registrou temperatura de 1°C. 

 

Como fica o tempo na Argentina, Chile e Uruguai esta semana


Argentina

O tempo seco predomina ao longo da semana na Argentina. A massa de ar frio gradativamente perde força, mas ainda serão observadas temperaturas negativas nas mais regiões mais frias do país, como nas Cordilheiras e no sul. 


Em Buenos Aires, as temperaturas sobem um pouco mais a partir de terça-feira (14) e o sol predomina ao longo de todo o dia, prevalecendo aquele "céu de brigadeiro" na cidade. O tempo muda na quinta-feira (16), quando temos a entrada de umidade favorável, a formação de nevoeiros e o aumento de nebulosidade, mas sem previsão de chuva nesta semana. 

 

ARG_pentadatmax_1


Atenção aos ventos e agitação marítima entre a partir de sexta-feira (17) e ao longo do sábado (18), devido à formação de um ciclone afastado da costa da região. Ondas de até 3 metros e ventos de até 70 km/h atingem as áreas costeiras da província de Buenos Aires. 

 

A umidade do ar fica abaixo do ideal (abaixo dos 30%) durante esta semana no norte e meio oeste da Argentina. E a chuva pode vir apenas no extremo sul do país, como na província de Santa Cruz e Tierra del Fuego, entre quinta (16) e sexta-feira (17), em forma de chuva congelada e neve. 

 


Chile

No Chile, a incursão de ar úmido vindo do Oceano Pacífico e a formação de uma área de baixa pressão atmosférica volta a provocar chuva na metade sul do país, como em Aisén, Los Lagos, Los Ríos e Araucanía. A chuva chega até a região dos Andes e cai em forma de neve, com previsão de 1 cm a 5 cm de neve. 


Em Santiago, não chega a nevar, mas volta a chover a partir da tarde de quarta-feira (15) e ao longo de toda a quinta-feira (16). Já na região de San José del Maipo (como a turística área de Cajon del Maipo e Valle Nevado), a previsão é de neve na quarta (15) e no decorrer da quinta-feira (16). As temperaturas ficam negativas, pelo menos até o sábado (18). 


No norte do país, o tempo firme predomina, com temperaturas mínimas variando de -5°C a 0°C em áreas montanhosas e entre 9°C e 12°C no litoral e planícies do norte do país. 

 


Uruguai

Assim como no Rio Grande do Sul, o Uruguai continua sob influência da massa de ar seco e fria, que deixa o céu aberto neste início de semana. Para a manhã de terça-feira (14), a temperatura fica gradativamente mais alta, com baixo risco de geadas. Em Montevidéu, estão previstas temperaturas entre 8°C e 16°C ao longo do dia, com muito sol. 


A previsão é que mudanças comecem a partir da quarta-feira (15), quando ventos transportam ar úmido desde o Paraguai até o Rio Grande do Sul e Uruguai. Por isso, volta a chover com maiores volumes e há risco de temporais no norte e nordeste do Uruguai. Com a passagem de uma frente fria na sexta-feira (17), a chuva se espalha ligeiramente pelo estado, mas sem grande intensidade. 


Atenção aos ventos e agitação marítima entre a noite de sexta-feira (17) e sábado (18), devido à formação de um ciclone afastado da costa da região. 
 

+ mais notícias