Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Monterrey, México, enfrenta falta de água e calor de 35°C

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

2 min de leitura

Um das três maiores regiões metropolitanas do México, Monterrey, tem sofrido com uma seca severa que já apresenta um racionamento de larga escala.

 

A capital de Nuevo León possui uma população de aproximadamente 1,1 milhão de habitante. Monterrey é o hub industrial do país, e um dos maiores centros urbanos industriais da América Latina. A cidade faz fronteira com os Estados Unidos. 

 

Seu Clima já é semiárido e agora, durante o verão, as temperaturas facilmente ultrapassam os 30°C, com semanas seguidas sem chuva. A falta de chuva, combinada ao uso industrial descontrolado por décadas, coloca agora a cidade numa situação desesperadora: águas são armazenadas em baldes e um intenso racionamento afeta a cidade. 

 

Com baixíssimos níveis de água nas barragens, os moradores de Monterrey têm serviço de abastecimento de água apenas entre 4h e 10h da manhã. Caminhões-tanque também são utilizados para abastecer as casas. 

 

A seca é severa, a cidade tem chuva abaixo da média e, com a La Niña, a previsão é de um tempo mais seco e quente. Antes que as monções realmente comecem nos Estados Unidos, a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) alerta para a baixa umidade do ar, secas, aumento no número de focos de incêndio e dias muito quentes, com ondas de calor no Arizona, Califórnia, sul de Nevada e nas áreas de fronteira com o México.  

 

WhatsApp Image 2022-06-23 at 16.13.18.

 

Tendência
De acordo com a Comissão Nacional de Água ( do México), a previsão é de pouca chuva para julho na região, inferior a 70mm. Fator que agrava ainda mais o desabastecimento de água na região.  

 

62977b3e87190_Perspectiva_Julio_2022_periodo_06_07_08_09_10_11

+ mais notícias