Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Queimadas: Como proteger a sua operação?

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

 

Estamos oficialmente no inverno, estação caracterizada pela redução da chuva em grande parte do país, o que favorece o surgimento e alastramento dos focos de queimada. Por isso, é o período do ano com o maior número de focos de calor no Brasil.


Na maioria dos casos, os focos são ocasionados pela ação humana, para a limpeza de terreno, desmatamento, expansão de áreas de pasto, agricultura, entre outros. Porém, elas também podem surgir de forma natural, como por exemplo, através da ocorrência de raios.

 

GettyImages-172848020

GettyImages

 

De acordo com os dados do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), apenas nesses 6 primeiros meses de 2022, foram computados mais de 21 mil focos de calor, sendo 1.395 focos apenas em Minas Gerais – importante região mineral - maior valor desde 2007.

 

Impactos nos setores da economia

As queimadas impactam fortemente o meio ambiente e os seres vivos, causando a mortalidade de animais, destruição de florestas, impactando os recursos hídricos entre outros. A pluma liberada, quando inalada, provoca desconforto e pode desencadear uma série de problemas respiratórios, congestionando os hospitais.

 

Para os diversos setores da economia não é diferente, as queimadas representam um grande perigo às operações. O setor de transportes é um dos mais atingidos, pois, a perda de visibilidade ocasionada pela fumaça, pode provocar a paralisação de rodovias e aeroportos, gerando grandes perdas financeiras, além de provocar graves acidentes.

 

Em operações com atividades a céu aberto, como construtoras, mineradoras, entre outros, um dos principais riscos é em relação à segurança dos funcionários e aos equipamentos das empresas, já que em muitas vezes, devido ao rápido alastramento dos focos, não há tempo para uma paralisação segura das operações.

 

Sua operação a céu aberto com mais segurança e economia

 

Operação segura contra queimadas

Devido ao grande risco provocado pelos focos de calor, é essencial estar atento às condições do tempo e estar informado sobre o surgimento dos focos em tempo real, para isso, é indispensável a utilização de plataformas de monitoramento e alertas.

 

A Climatempo possui o SMAC, Sistema de Monitoramento e Alertas Climatempo, onde são enviados alertas de queimadas direcionados para a área de interesse do cliente, permitindo que sejam feitas ações para evitar um alastramento dos focos. Além disso, é disponibilizada a previsão de risco de focos de queimada e a disponibilização do histórico de dados.

 

Para garantir a eficácia das informações, são utilizados vários satélites diferentes e com metodologias de detecção diferentes. Na plataforma é possível visualizar o horário do início e fim de um foco de calor e os dados são atualizados frequentemente.

 

Para saber mais sobre a plataforma, clique aqui.

 

Acompanhe nossa página no LinkedIn

+ mais notícias