Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Situação das queimadas no Brasil, na Europa e nos Estados Unidos

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Por Carine Gama

 

Quando a chuva cessa e a seca vem, os problemas respiratórios, o ressecamento ocular e diversos incômodos no período de estiagem se tornam frequentes. Combinado a esse tempo seco, as queimadas pioram ainda mais a qualidade do ar e, ainda longe do retorno da chuva de primavera, os focos de incêndios são cada vez maiores, mais frequentes e difíceis de serem controlados. 

 

 

Queimadas no Brasil no início de agosto de 2022


De acordo com os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o INPE, o Brasil acumulou 37493 focos de queimadas  entre 01 de janeiro e 01 de agosto, detectados pelo satélite de referência. 


Ao analisarmos o gráfico abaixo, também produzido pelo INPE, é possível notar que os focos de queimadas em maio ficaram próximos ao máximo já observado, em junho, dentro da média e em julho, abaixo da média, de acordo com o satélite de referência AQUA_M-T.

 

 

Comparativo mensal de queimadas no Brasil (Fonte: INPE)

 

Biomas como Cerrado e Floresta Amazônica representam juntos mais de 80% das queimadas totais do país e Mato Grosso lidera como estado com maior número de focos de queimadas neste ano, já são 8897 focos, seguido pelo Tocantins, com 4544. 

 

 

Queimadas na Europa e nos Estados Unidos


Apesar destes números elevados, o Brasil não é líder no ranking das queimadas mundiais. A África Central, o Canadá, os Estados Unidos (especialmente o estado do Alasca), partes da Europa e a Rússia Oriental disparam na quantidade de focos de queimadas ativos. 


Abaixo, segue o mapa com a Temporada de Queimadas na Europa, de acordo com o Copernicus. A Itália, Portugal, Espanha, Grécia e leste europeu concentram os focos de queimadas ativos e do último mês no continente. 

Com a onda de calor, a Europa se deparou com fortes incêndios florestais que correram os noticiários locais. 

 

Temporada de Queimadas na Europa - julho de 2022 (Fonte: Copernicus)

 

 

Já nos Estados Unidos, o Alasca e a Califórnia lideram com focos ode queimadas. Nestes últimos dias, um intenso incêndio nomeado do McKinney atingiu a Floresta Nacional de Klamath, entre Califórnia e o estado do Oregon e queimou, ao menos 22,2 mil hectares de floresta, demorando quatro dias para ser controlado. 

 

 

Focos de queimadas ativos nos Estados Unidos

Focos de queimadas ativos nos Estados Unidos (Fonte: AirNow)

 

No Alasca,  as temperaturas mais altas durante a primavera e verão, tempestades com raios mais frequentes e a menor cobertura de neve agravam ainda mais a situação dos incêndios florestais, que em 2022 apresentam um cenário ainda mais grave de destruição e em intensidade. 

+ mais notícias