Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Região Sul do Brasil: previsão para a primavera 2022

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

6 min de leitura

Oferecido por

 

Em 2022, o equinócio da primavera no Hemisfério Sul ocorre às 22h04 do dia 22 de setembro. Este é início astronômico da primavera de 2022, que se estende até às 18h48 de 21 de dezembro, pelo horário de Brasília. O fenômeno La Niña influencia toda a estação, com previsão de enfraquecimento em dezembro deste ano.

 

Climatologicamente a primavera é uma estação de transição do inverno, Clima seco em grande parte do país, com episódios de frio, para o verão, período em que o ar quente e úmido predomina no país. 

 

Região Sul do Brasil: previsão para a primavera 2022

 

Em quase todo o Brasil, primavera significa a volta da chuva, o aumento da umidade e do calor. Mas para a maioria das áreas do Nordeste e para a porção norte da Região Norte, onde estão os estados de Roraima e o Amapá, a primavera é a estação do calor intenso e de pouca chuva. 

 

Primavera com La Niña

As águas do oceano Pacífico Equatorial Leste estão com temperatura abaixo da média normal, caracterizando o fenômeno oceânico-atmosférico La Niña. 

 

O clima global vem sendo influenciado pelo La Niña desde meados de 2020. A primavera de 2022 será a terceira primavera consecutiva com o padrão de precipitação e de temperatura modificado pelo fenômeno La Niña.

 

Situação do oceano Atlântico Sul

 

 Na maior parte da primavera, o contraste térmico entre porção oceânica na costa da Região Sul e a região entre a costa do Uruguai e da Argentina não estará favorável para o deslocamento das frentes frias pelo interior do Brasil. A tendência é que os sistemas passem rapidamente sobre a Região Sul e avancem pela costa do Sudeste, tendo pouca influência sobre o interior desta Região e também do Centro-Oeste.

 

Outros fenômenos

 

A circulação dos ventos em diversos níveis da atmosfera e as condições de temperatura no interior do continente, não estarão favoráveis para a formação de sistemas convectivos de mesoescala. Este tipo de fenômeno atmosférico é típico da primavera e responsável por episódios de temporais e grandes volumes de chuva sobre áreas do Sul e do Centro-Oeste do Brasil.

 

Primavera 2022 na Região Sul


Na Região Sul,  a combinação do fenômeno La Niña, com a rápida passagem das frentes frias e a tendência de menos formação de sistemas convectivos de mesoescala vai reduzir as condições para chuva.   

 

Mapas de previsão climática

 

As cores nos mapas de previsão climática da Climatempo para a primavera de 2022 representam a previsão da anomalia de precipitação e de temperatura. Anomalia é a diferença entre o previsto e um valor climatológico, que é uma referência previamente calculada.

 

Mapas de anomalia de precipitação

 

- os tons de verde indicam precipitação acima (verde escuro) da média normal ou um pouco acima (verde claro) da média climatológica mensal; os tons de laranja representam precipitação abaixo (laranja escuro) da média normal ou um pouco abaixo (laranja claro) da média climatológica mensal; tom cinza claro indica precipitação próxima da média climatológica mensal;


Outubro

 sul (6)

 

Novembro

 

sul (8)

 

Dezembro

 

sul (11)

 

 

Mapa de anomalia de temperatura

 

- os tons de vermelho indicam temperatura acima (vermelho escuro) da média normal ou um pouco acima (vermelho claro) da média climatológica mensal; os tons de azul representam temperatura abaixo (azul escuro) da média normal ou um pouco abaixo (azul claro) da média climatológica mensal; tom cinza claro indica temperatura próxima da média climatológica mensal.

 

Outubro

 

sul (7)

 

Novembro

 

sul (9)

 

Dezembro

 

sul (10)

 

Região Sul: resumo da previsão da primavera 2022


Outubro: volume de precipitação abaixo da média no centro-oeste e sul do Paraná, planaltos norte e sul e serra de Santa Catarina, norte, centro e leste do Rio Grande do Sul; precipitação dentro a abaixo da média nas demais áreas da Região Sul.

 

Novembro: volume de precipitação um pouco abaixo e abaixo da média climatológica, de forma geral; temperatura um pouco acima ou acima da média na maioria das áreas da Região Sul.

 

Dezembro: volume de precipitação um pouco abaixo e abaixo da média climatológica em toda a Região; temperatura um pouco acima ou acima da média em praticamente toda a Região Sul.

 

 

Conteúdo em Vídeo

Notícias Recomendadas

+ mais notícias