Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Calorão de 40°C continua em SP!

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

3 min de leitura

Oferecido por

O calor intenso, que começou já na última semana, ganha força nos próximos dias e deve se intensificar ainda mais no decorrer desta segunda semana do mês de novembro. Esta é a quarta onda de calor que o Brasil vive no segundo semestre deste ano! 

 

Durante este período ainda seguimos em alerta, pois ao menos 12 estados brasileiros e o Distrito Federal (área vermelha) devem registrar ainda vários dias com temperaturas pelo menos 5°C acima do normal para novembro.

  e2fefc0b309d785151734adc27cdbde8

Calor continua intenso esta semana no país. Fonte: Climatempo

 

Calorão de 40°C!

 

A semana ainda começa com destaque para o calor no estado de São Paulo. Para esta segunda-feira (13), a previsão ainda indica temperaturas de 37°C na cidade de São Paulo e máximas que podem bater 40/41°C em muitos municípios do interior. Aos poucos a umidade volta aumentar - devido à circulação dos ventos, que transporta um pouco mais de umidade, mas a chuva ainda acontece de forma bem irregular, entre final de tarde e começo da noite sobre muitas regiões paulistas. 

 

Foto: Getty Images

 

Feriado com muito sol e com atenção para chuva no fim de tarde

 

O feriado de quarta-feira, 15 de novembro, será quente em todo o estado, mas, a circulação de ventos vai continuar favorecendo a formação de nuvens de chuva e há chance de pancadas moderadas a forte com risco de raios eventos moderados de até 60 km/h. Litoral, com muito sol de manhã e à tarde e máxima de 30°C. Na capital, as temperaturas ficam em torno dos 35°C, mas no interior, cidades como Presidente Prudente e São José do Rio Preto, podem ter calorão de 39/40°C!

 

Mesmo com o aumento das pancadas típicas de primavera-verão para os próximos dias, seguiremos com altas temperaturas até o final da semana e com muita atenção, antes da chuva, para umidade baixa. A qualidade do ar ainda segue prejudicada e a umidade do ar, não ajuda aliviar o calorão, a sensação de abafamento continua, principalmente na Grande SP e no interior. 

 

Conteúdo em Vídeo

Notícias Recomendadas

+ mais notícias