Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Onda de calor termina, mas, temperaturas continuam altas

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Oferecido por

 

A grande forte massa de ar seco que atua ainda sobre o interior do país, vai começar a perder cada vez mais força no decorrer desta semana. Nos últimos dias, a passagem de uma frente fria, enfraqueceu a condição de bloqueio atmosférico nas áreas mais centrais do país, colaborando para a entrada de umidade e uma ligeira diminuição do calor entre Mato Grosso do Sul, São Paulo e os estados da Região Sul do país. Agora, no decorrer desta semana, a alta pressão - que atua ainda influenciando essas regiões, vai começar a se deslocar para alto mar, com isto, teremos a chegada de uma nova frente fria, trazendo mudanças já para o meio e final desta próxima semana. 

 

 

Onda de calor termina, mas, temperaturas continuam altas

 

O mês de maio começou com temperaturas acima do normal para os padrões da época em muitos estados brasileiros, entre Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, interior de Minas, Goiás e Mato Grosso. O calorão, chamou atenção até mesmo em Santa Catarina e no Paraná nas primeiras semanas do mês; a tendência é que a partir de amanhã, 20 de maio, este período de calor intenso termine, com a finalização desta 4ª onda de calor que se instalou - sendo até mais duradoura no Brasil. 

 

Mesmo com a finalização do período, seguiremos com um começo de semana ainda quente e seco sobre áreas do interior do país, que abrange, desde Minas, até Goiás, regiões do DF, cidades do centro-sul do TO, estados de MT e MS, além do interior de SP; mas, agora com temperaturas máximas até dentro da normalidade, com o calor "oscilando", no decorrer dos próximos dias. 

 

GettyImages-2039103939

Foto: Getty Images

  

Vale lembrar: Uma onda de calor significa um período de pelo menos 5 dias consecutivos com temperaturas máximas acima de 5 °C acima da média - neste cenário, até teremos temperaturas acima de 30 °C - beirando 33/34 °C em muitas cidades e o calor pode ser intenso em alguns pontos do interior de SP, norte do PR e MS - mas sem configurar onda de calor, devido ao intervalo de menos dias seguidos. Seguiremos com um padrão mais seco, típico de outono, com muitas horas de sol, o que faz, as máximas, ficarem mais elevadas.
 

 

Mudanças à vista

 

A tendência é que a semana termine com a chegada de uma nova e forte frente fria, trazendo um ar polar mais abrangente, proporcionando o aumento nas condições de chuva entre a sexta-feira e o próximo final de semana, trazendo um alívio para as altas temperaturas! 

 

 

Conteúdo em Vídeo

Notícias Recomendadas

+ mais notícias