Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Seca no Sudeste fica mais severa, diz Monitor de Secas

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

2 min de leitura

Oferecido por

Na comparação entre março e abril, em termos de severidade da seca, houve uma intensificação do fenômeno no Estado de São Paulo com o aumento da área com seca moderada de 20% para 28% do território paulista, o que contribuiu para o aumento da intensidade da seca na região Sudeste. Tanto no Espírito Santo quanto em Minas Gerais a severidade da seca se manteve estável nesse período. Já o Estado do Rio De Janeiro voltou a registrar seca fraca entre março e abril em 4% do território fluminense. Com a situação de SP, a área com seca moderada na região Sudeste como um todo aumentou de 15% para 18% do total, indicando uma intensificação regional da seca.

 

unnamed (1)

 

unnamed (7)

 

Em termos de áreas com seca, São Paulo registrou um leve aumento da área com o fenômeno de 77% para 78% do território paulista entre março e abril. No caso do Rio de Janeiro, a seca voltou a ser verificada em 4% do estado. Minas Gerais, por sua vez, teve uma leve redução da área com seca de 57% para 56% de MG. Já no Espírito Santo a área com seca se manteve em 67% do território capixaba nesse período. Com esse cenário, a região Sudeste permaneceu com uma área total com o fenômeno no patamar de 60% de seu território. A seguir estão os destaques por estado da região Sudeste de abril.

 

unnamed (9)

 

Veja também: Alerta: Risco de geada nas áreas produtoras

 

Proteja seu negócio entendendo os riscos climáticos. Adquira o relatório de mudanças climáticas e tome decisões assertivas!

 

Está aberta a inscrição do II EMSEA – Encontro Nacional aplicado as Mudanças Climáticas. Venha participar

Conteúdo em Vídeo

Notícias Recomendadas

+ mais notícias